Nas Bancas

Associação de apoio a Renato Seabra já está na Internet

Já estão disponíveis na Internet os números das contas bancárias para onde podem ser enviados os donativos para a defesa de Renato Seabra. Diogo Silva, o presidente da Estrela d'Afecto, falou à CARAS do principal desejo da associação.

Natalina Almeida
2 de fevereiro de 2011, 18:07

No site www.estrela-dafecto.pt já estão disponíveis duas contas bancárias que vão reunir todos os donativos dos cidadãos que queiram ajudar a defesa de Renato Seabra, acusado de homicídio em segundo grau. Uma conta receberá montantes em euros e a outra em dólares.

Na base da criação da associação está o mediático processo da detenção em Nova Iorque do jovem português de 21 anos, natural de Cantanhede, Renato Seabra. A sua primeira missão, tal como garantem os seus sócios fundadores, entre os quais se encontra Joana Malta, irmã de Renato Seabra,"é apoiar a mãe de Renato Seabra, a cidadã portuguesa Sra. Odília Pereirinha, a custear a defesa do seu filho nos EUA. Porque, se não for esta mãe a custear uma defesa para o seu filho, pura e simplesmente o cidadão português Renato Seabra seria literalmente abandonado e esquecido, deixado a definhar numa qualquer prisão dos EUA sem que lhe tivesse sido sequer oferecida uma mais do que legítima defesa".

Diogo Silva, presidente da Estrela d'Afecto, garante à CARAS que "muito em breve o site começará a ter novos conteúdos sobre a asociação, as atividades que vai desenvolver e diversa informação específica sobre os projetos que apoia", nomeadamente aquele que apelida de "desejo número 1": "o apoio à mãe do cidadão português Renato Seabra". Na carta de apresentação da referida associação, os responsáveis por esta iniciativa solidária aproveitam ainda para fazer algumas críticas aquilo que entendem ser uma falta de apoio das entidades nacionais: "Algo tem que mudar no nosso Estado social e porque os nossos impostos merecem mais atenção e não podem servir somente para pagar a renda de imóveis luxuosos de consulados em avenidas caras de Nova Iorque, que esta associação surge."

*Este texto foi escrito nos termos do novo acordo ortográfico.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras