Nas Bancas

Odília Pereirinha

Odília Pereirinha

D.R.

Odília Pereirinha não tem condições para ir ao encontro do filho

A mãe de Renato Seabra não deverá estar em Nova Iorque no dia da audiência do filho.

Andreia Guerreiro
29 de janeiro de 2011, 05:45

A audiência de Renato Seabra, acusado do homicídio de Carlos Castro, está marcada para a próxima terça-feira, 1 de fevereiro. Desta vez o jovem modelo não deverá contar com o apoio da mãe, Odília Pereirinha, que não planeia viajar para os Estados Unidos antes dessa data. "Por enquanto o Renato continua praticamente abandonado em Nova Iorque, uma vez que a mãe ainda não tem condições para regressar ao seu encontro", declarou à CARAS José Malta, cunhado do manequim.

Entretanto, familiares e amigos continuam empenhados em ajudar nas despesas do processo e, para tal, foi criada a Associação Estrela de Afecto. "Ao que soube, a associação poderá ser apresentada na próxima terça ou quarta-feira. O NIB da conta de solidariedade criada pela associação, para apoiar projetos como este de apoio à mãe do Renato Seabra, também será anunciado oficialmente, de forma a que as centenas de pessoas que têm enviado mensagens a pedir para contribuir possam fazê-lo e ajudar Odília a custear as elevadas despesas que terá com todo o processo. O objetivo é tão só garantir que os direitos humanos e legais do seu filho sejam salvaguardados, ainda que à distância", acrescenta ainda José Malta.

*Este texto foi escrito nos termos do novo acordo ortográfico.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras