Nas Bancas

Gonçalo Rosa da Silva

Gonçalo Rosa da Silva

João Lima

A escolha de... Gonçalo Rosa da Silva

Aos 46 anos, o repórter fotográfico revela a sua última paixão: a produção de um azeite especial, que batizou de Angélica, em homenagem à sua avó paterna.

Joana Carreira
16 de janeiro de 2011, 19:56

Nasceu em Lisboa, em 1964, e frequentou o curso de fotografia BA no London College of Printing, em Inglaterra. Editor de fotografia da revista Visão, Gonçalo Rosa da Silva destaca as três semanas que passou no Iraque, em abril de 2003, após a queda de Bagdade, como a reportagem mais importante que fez na vida. "Um trabalho inesquecível" que deu origem ao livro Os Dias de Bagdad, que se juntou a outros dois da sua autoria: Rio Submerso, que regista imagens da zona do Alqueva antes do enchimento, e Faísca - O Agente Especial, o primeiro livro infantil em Portugal ilustrado com fotografias, cuja autoria é partilhada com a mulher, a jornalista Anabela de Saint-Maurice, por quem se apaixonou há 20 anos.

A Viagem
Ilha de Tarutao, Tailândia
Pela madrugada, os macacos desciam da floresta para apanhar os caranguejos à beira-mar, enquanto nos modestos 12 bangalós do parque natural ainda se dormia. Para um fotógrafo, esta ilha é um lugar fascinante. Como refeição, peixe cozido ao vapor com ervas e molho de gengibre, uma delícia em sintonia com a atmosfera de Tarutao, inóspita e luxuriante.

O Hotel
Hilton, em Banguecoque
A capital da Tailândia é uma grande metrópole e uma cidade imperdível, em que o moderno e o arcaico convivem tranquilamente lado a lado. Este hotel fica na margem do rio Chao Phraya, com uma arquitetura arrojada e uma decoração minimalista. O bar sobre o rio, a piscina e o espelho de água, a vista do quarto sobre a cidade, conquistaram-me para sempre.

O Livro
"Longo Caminho para a Liberdade"
Gosto de biografias. Este livro, escrito na primeira pessoa, relata-nos a vida e a carreira política de Nelson Mandela. Em 1993 fiz a cobertura das eleições presidenciais na África do Sul, o que, de certa forma, também justifica o apreço por esta obra e por esta personagem ímpar.

O Filme
Eric Rohmer
Não é um, são vários, os filmes da série Comédias e Provérbios, de Eric Rohmer. Marcaram a minha juventude, gostava e ainda gosto da forma simples como é abordada a vida quotidiana. As personagens não são heróis, mas jovens comuns em busca de um sentido para as coisas.

O Restaurante
O Victor, em São João do Rei
Quando saía em reportagem com Fernando Assis Pacheco, uma coisa era certa: a refeição seria uma experiência. Foi com ele que conheci, há muitos anos, o Victor e o seu inesquecível bacalhau assado. Posta alta, a lascar, plena de sabor e com a batata a murro. É o verdadeiro "bacalhau a sorrir"!

O Fim de semana
Alentejo
Nas manhãs frias, o nevoeiro cobre o olival e a paisagem ondulada de Moura. Aprecio o sossego, gosto de caminhar no campo, na companhia dos cães. Sei que, de regresso ao monte, irei encontrar a lareira acesa.

*Este texto foi escrito nos termos do novo acordo ortográfico.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras