Nas Bancas

Morreu o pintor moçambicano Malangatana

O artista morreu hoje, 5 de janeiro, em Matosinhos.

Andreia Guerreiro
5 de janeiro de 2011, 11:14

O pintor moçambicano Malangatana morreu hoje, 5 de janeiro, às 3h30, no Hospital Pedro Hispano, em Matosinhos, vítima de doença prolongada. O artista, de 74 anos, encontrava-se internado nesta unidade hospitalar há já alguns dias.

Malangatana Valente Ngwenya nasceu a 6 de junho de 1936, em Matalana, uma povoação do distrito de Marracuene, então Lourenço Marques, hoje Maputo. Foi pastor, aprendiz de curandeiro e empregado doméstico.

Ao longo dos últimos 50 anos, para além da pintura, dedicou-se também à cerâmica, tapeçaria, gravura e escultura. Foi ainda músico, dançarino, ator, poeta, dinamizador cultural, organizador de festivais e até deputado da FRELIMO (partido no poder em Moçambique desde a independência).

Uma obra de Malangatana
Uma obra de Malangatana
Divulgação
*Este texto foi escrito nos termos do novo acordo ortográfico.


Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras