Nas Bancas

users_0_14_circo-de-natal-siccaras-anima-adultos-e-531c.jpg

FOTOGALERIA: Circo de Natal SIC/CARAS anima adultos e crianças

O Circo Chen, instalado no espaço da antiga Feira Popular, em Lisboa, recebeu miúdos e graúdos.

Andreia Guerreiro
30 de dezembro de 2010, 11:39


FOTOS:
Paulo Jorge Figueiredo

Natal sem circo não é Natal e para o provar a SIC e a CARAS voltaram a organizar mais uma fantástica noite em que não faltaram tigres, trapezistas, acrobatas, ilusionistas e, claro, palhaços, para felicidade dos miúdos, mas também dos graúdos. O Circo Chen, instalado no espaço da antiga Feira Popular, em Lisboa, foi o palco escolhido para uma noite divertida em família. Para muitos, foi uma estreia, para outros, um regresso à infância. Para alguns, poucos, foi também uma aventura.

Que o digam Rui Porto Nunes, João Ricardo e Nuno Luz que se voluntariaram para, em direto e sem rede, protagonizar um (quase) arriscado número acrobático. Entre gargalhadas e algum nervosismo, os artistas acabaram por merecer os aplausos do público e levar para casa uma bela recordação de Natal: "É mais fácil representar o meu papel de jornalista. Fui completamente surpreendido pelo desafio, mas foi muito divertido e, principalmente, os meus filhos acharam graça", confessou Nuno Luz, enquanto outro dos companheiros de aventura, o ator João Ricardo, garantia, com humor, que nunca teve "medo ou receio, porque tinha ao meu lado um vampiro", numa alusão a Rui Porto Nunes, protagonista da série da SIC Lua Vermelha.

Foi neste ambiente de grande diversão que pais, filhos, avós e netos viveram uma noite que já faz parte da agenda da época natalícia, conforme explicou Pedro Norton, vice-presidente do grupo Impresa: "Para mim e para a minha família, o circo é já um ritual de Natal que a mim, particularmente, me faz recordar os tempos em que ia ao circo com o meu avô." Memórias de infância que são também partilhadas pelo diretor-geral da SIC, Luís Marques: "Recordo o tempo do circo ambulante que aparecia na minha aldeia com dois ou três malabaristas e que todos adorávamos."

Entre as muitas figuras conhecidas que assistiram a este circo de Natal estava Maria Manuel Cyrne, que revelou que este é um espetáculo que deixa marcas, até em casa: "Os meus filhos estão fascinados e já sei que amanhã vão passar o dia a brincar ao circo, principalmente a fazer acrobacias de um sofá para o outro", revelou, divertida. Mais calmos, pelo menos por agora, os filhos do piloto Manuel Gião são, no entanto, os responsáveis por esta nova tradição familiar: "Durante a minha infância nunca existiu o hábito de ir ao circo, mas com o nascimento do Manuel passou a fazer parte da nossa agenda de Natal."

TEXTO: Paulo Brilhante

*Este texto foi escrito nos termos do novo acordo ortográfico.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras