Nas Bancas

Helena Sacadura Cabral

Helena Sacadura Cabral

D.R.

A escolha de... Helena Sacadura Cabral

Comunicadora nata e sem papas na língua, não esconde que os afetos são a coisa a que dá mais valor na vida. O seu novo livro gira em torno deles, de forma quase autobiográfica.

Joana Carreira
19 de dezembro de 2010, 19:34

A Viagem
Japão
Pelo inesperado de tudo quanto vi. Pode ler-se muito sobre este país, podem ver-se muitas fotografias, nada se compara com a experiência de o visitar, de caminhar pelas suas cidades, onde tradição e modernidade se dão as mãos num espantoso gesto de amor. Ir lá é perceber "uma outra forma de olhar a vida".

O Restaurante
Gambrinus
Sempre. Pelo ambiente que nunca mudou e que atravessou uma revolução que o poderia ter liquidado. Pela qualidade do que se come. E, sobretudo, pela imensa afabilidade dos seus empregados, que tratam os clientes de uma forma muito especial.

O livro
São tantos...
Impossível falar de um livro e não do seu autor. Impossível também escolher sem ser injusta para todos os que não são mencionados. Foram muitos, os da minha vida. A nível nacional, destaco Agustina Bessa-Luís e a sua Sibila. Nos estrangeiros, recordo As Velas Ardem até ao Fim, de Sandór Márai, um magnífico ensaio sobre a amizade.

O Filme
"A Idade da Inocência"
Muitos também. A escolha é sempre feita por realizadores. Marcaram-me dois. Um, a Idade da Inocência, de Martin Scorsese, com Michelle Pfeiffer e Daniel Day Lewis, ambos com interpretações fabulosas. O outro, Despojos do Dia, de James Ivory, com Anthony Hopkins e Ema Thompson no seu melhor. Mas ficam imensos de fora...

A Música
"My Way" por Sinatra
Também aqui a amplitude é total. E a dificuldade grande, porque gosto de géneros muito diversos. Vou do jazz à clássica, dos Beatles ao Rui Veloso. Mas guardo Sinatra e My Way num canto muito particular do meu coração.

O delírio
Paris
Passear pelas ruas de Paris com o amor da nossa vida. E, num dia de sol de outono, tomar um café numa das esplanadas dos Campos Elísios e jantar num dos muito bons restaurantes daquela cidade. E depois voltar para casa feliz!

*Este texto foi escrito nos termos do novo acordo ortográfico.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras