Nas Bancas

Laura Tarouca e José Rui Esteves Marcos: "Temos um amor adulto, sólido"

Apesar de morar na Foz, o casal de médicos aceitou o convite da CARAS para um fim de semana diferente: ser turista na própria cidade.

Joana Carreira
11 de dezembro de 2010, 20:37

Quando ouvimos histórias como a de Laura Tarouca, de 59 anos, e José Rui Esteves Marcos, de 52, acreditamos que a felicidade é possível, independentemente da idade ou do passado dos protagonistas. Ela viúva e ele divorciado, e ambos com filhos dos anteriores casamentos - Laura é mãe de Ricardo, de 33 anos, que já lhe deu dois netos, Guilherme, de seis anos, e Madalena, de quatro; José Rui é pai de Mafalda, de 19 anos, e de Martim, de 14 -, a cirurgiã plástica e o otorrinolaringologista foram apresentados por um amigo comum, o também médico João Paço, em dezembro de 2008. Voltaram a encontrar-se em junho de 2009 e a empatia foi tal que nunca mais se separaram. O casamento realizou-se em outubro seguinte e hoje, um ano depois, José Rui não hesita ao afirmar: "Foi uma junção mágica. É como se fôssemos almas gémeas. Tínhamos que nos encontrar a certa altura do nosso caminho. Temos muita coisa em comum, como é o caso da Medicina, mas os afetos são o mais importante."
Por ter mais liberdade profissional, Laura divide-se entre o Porto, onde vive com o marido, e Lisboa, onde continua a operar na Clínica de Todos os Santos e no Hospital CUF Infante Santo. Quando está no Porto, trabalha no Instituto CUF, com a mesma energia e determinação que a distinguem entre os melhores cirurgiões plásticos do nosso país. Quanto a José Rui, pratica há 23 anos na Clínica ORL Dr. Eurico de Almeida. Dedicados e apaixonados pela Medicina, afirmam que a sua profissão "é um ato de amor ao próximo" que os realiza profundamente.

José Rui Esteves Marcos e Laura Tarouca
José Rui Esteves Marcos e Laura Tarouca
Mike Sergeant
-
Como foi este primeiro ano de casados?

José Rui Esteves Marcos -
Continuamos apaixonados como no primeiro dia. Com o casamento, formalizámos um compromisso e, quando resolvemos dar esse passo, sabíamos que implicaria sacrifícios, como mudarmos as nossas vidas. Neste caso, a Laura mudou mais do que eu, que continuo na mesma cidade e a trabalhar na mesma clínica. A Laura mudou-se para o Porto, embora continue a ir a Lisboa com frequência. No entanto, os ventos sopram a nosso favor.

Laura Tarouca -
Vou à segunda de manhã para Lisboa e volto para o Porto na quinta à noite. Apesar de ter feito estas mudanças, encaro isto com a máxima alegria. Volto ao Porto sempre com imensas saudades do Zé Rui e, quando não estamos ocupados, passamos os dias ao telefone ou no computador.

José Rui -
Não fazemos cerimónia em telefonar um ao outro para contar qualquer disparate que nos aconteça no dia-a-dia. Provavelmente, seria melhor se estivéssemos sempre juntos, mas não há nada que seja definitivo.


Laura Tarouca
Laura Tarouca
Mike Sergeant
-
E a Laura, como se está a adaptar ao Porto?

Laura -
Estou a adorar o Porto e o modo como as pessoas respeitam o meu trabalho. E fui muito bem recebida pelos amigos do Zé Rui.

José Rui -
Os meus amigos renderam-se completamente à Laura, pessoal e profissionalmente. Ela tem um feitio fantástico, supertranquilo, e os meus amigos viram que ela me fazia feliz. Mas convém dizer que eu também gosto dos amigos dela de Lisboa.


- Continuam com o mesmo brilho no olhar que tinham há um ano. Sentem isso?

Laura -
Acho que ainda estamos mais próximos, pois conhecemo-nos melhor. E estamos felizes por termos dado este passo. Completamo-nos um ao outro. Temos muitos interesses em comum, falamos a mesma linguagem, e fica fácil partilhar. A nossa vida é muito virada para a Medicina. Os nossos pais eram médicos e para nós é uma paixão de sempre. Não nos imaginamos a fazer outra coisa.


-
Como é que os vossos filhos lidaram com o vosso casamento? Como é a vossa relação com eles?

-
Eles estão connosco em doses homeopáticas. Veem-nos muito felizes e querem-nos deixar estar.

José Rui
-
Os meus filhos têm muitas solicitações dos amigos. Têm sempre programas marcados e coisas para fazer... E sou completamente apaixonado pelos netos da Laura. Passámos uns dias de férias juntos este verão e demo-nos lindamente.


José Rui Esteves Marcos e Laura Tarouca
José Rui Esteves Marcos e Laura Tarouca
Mike Sergeant
- Como é o José Rui como marido?

Laura -
O melhor do mundo. Excelente! É uma pessoa muito bem formada e com princípios fantásticos. É o marido que se pede a Deus.


- E a Laura como companheira
?

José Rui
- É uma mulher linda e fantástica. É chique! Orgulho-me imenso de a ter ao meu lado. Consegue deslumbrar-me sempre, e mima-me muito.

Laura
-
Nós temos um amor adulto, amadurecido. É sólido e tem muitos pontos em comum. Temos a mesma postura e um código genético muito parecido, por isso funcionamos bem.


*Este texto foi escrito nos termos do novo acordo ortográfico.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras