Nas Bancas

Eva Mendes

Eva Mendes

Reuters

Eva Mendes: "É difícil ser mulher em Hollywood"

A promover o seu mais recente filme, 'Agentes de Reserva', a atriz falou das dificuldades que uma mulher enfrenta para entrar na indústria cinematográfica.

Joana Carreira
15 de novembro de 2010, 16:29

A atriz Eva Mendes abriu o seu livro de recordações e falou um pouco da vida pessoal, durante a promoção do seu mais recente filme, Agentes de Reserva, onde partilha cenário com Mark Wahlberg e Will Ferrell.
A intérprete de origem cubana assegurou que nunca se sentiu "a outra mulher" e esclareceu que não se identifica em nada com o papel da sua personagem no filme, uma dona de casa perfeita. Eva tem plena consciência da sua beleza e exuberância e, como tal, afirmou: "Tento diversificar a minha carreira com outros trabalhos, como produção, realização e a vertente empresarial".
Ainda assim, a atriz não esconde as dificuldades que as mulheres enfrentam para entrar na indústria cinematográfica: "É muito difícil ser mulher em Hollywood. É uma indústria muito machista, e ser latina é mais difícil ainda. Tens que ser bonita para triunfar no cinema", confessou a atriz de 36 anos.

*Este texto foi escrito nos termos do novo acordo ortográfico.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras