Nas Bancas

Angelina Jolie

Angelina Jolie

Reuters

Angelina Jolie envolta em polémica

Ex-traficante de drogas revela o passado da atriz.  

Joana Carreira
22 de outubro de 2010, 18:33

Mais uma vez, o passado negro de Angelina Jolie surgiu na impressa internacional, desta vez através de uma entrevista exclusiva dada por um ex-traficante, que garante ter vendido drogas à atriz, quando esta tinha 21 anos. "Viamo-nos duas a três vezes por semana, quando ela estava na cidade [de Nova Iorque]. Ela vinha atrás de cocaína e heroína", revela Franklin Meyer à revista Life&Style.

O ex-traficante conta que conheceu Angelina em fevereiro de 1997, quando a atriz e um amigo quiseram comprar droga. "Ela gastava aproximadamente 70 euros em cada visita. E consumia a droga à minha frente. Parecia não se importar com quem via o que estava a fazer".

Franklin Meyer garante ainda que chegou a visitar o apartamento da protagonista de Salt, em Manhattan, e viu as paredes decoradas com fotos de cadáveres. A coisa mais bizarra que ouviu na altura foi o desejo de Angelina Jolie em adotar uma criança, "Fiquei chocado. No meio das drogas e das facas, ela falava-me no quanto queria adotar uma criança", afirmou Franklin à revista.

FOTOGALERIA: O estilo de Angelina Jolie

Recorde-se que, atualmente, a atriz e Brad Pitt têm três filhos biológicos, Shiloh, de 4 anos, e os gémeos Knox e Vivienne, de dois anos, e ainda três filhos adotivos, Maddox, de nove anos, e Pax e Zahara, de 6.

*Este texto foi escrito nos termos do novo acordo ortográfico.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras