Nas Bancas

Bárbara Elias e Nuno Graciano com Maria

Bárbara Elias e Nuno Graciano com Maria

Salvador Colaço

FOTOGALERIA: Bárbara Elias e Nuno Graciano batizam a filha mais nova, Maria

Bárbara Elias, de 35 anos, e Nuno Graciano, de 41, convidaram apenas familiares diretos para esta cerimónia, conduzida pelo padre Avelino, na Igreja Matriz de Alcabideche. A cerimónia proporcionou as primeiras fotos da filha mais nova do apresentador e da ex-manequim.

Andreia Guerreiro
14 de outubro de 2010, 18:37



FOTOS:
Salvador Colaço

Há alguns meses que Bárbara Elias e Nuno Graciano andavam a tentar encontrar uma data em que todos os familiares estivessem disponíveis para marcar o batizado da filha mais nova, Maria, hoje com nove meses. Mas a família é numerosa e só no passado dia 9 foi possível reunir familiares e padrinhos numa cerimónia íntima, descontraída e emotiva, conduzida pelo padre Avelino, na Igreja Matriz de Alcabideche.

Uma ocasião muito especial que o apresentador, de 41 anos, e a ex-manequim e empresária, de 35, decidiram partilhar com a CARAS, apresentando, assim, publicamente a pequena Maria, que nasceu no passado dia 27 de dezembro e que veio completar esta família simpática e divertida, da qual faz parte a filha mais velha do casal, Matilde, de cinco anos, e os dois filhos do primeiro casamento do apresentador, Gonçalo, de 12 anos, e Tomás, de nove.

"A família está completa. Agora, está na altura de deixarmos a Maria crescer mais um bocadinho para podermos voltar a ter tempo para nós", assegurou Nuno Graciano, explicando por que fazia questão que a sua filha fosse batizada: "Nós somos uns falsos agnósticos, na realidade, somos católicos não praticantes, mas em várias situações da nossa vida acabamos por recorrer a alguma espiritualidade ligada à Igreja católica. Por exemplo, a Bárbara nunca sai de casa sem fazer uma cruz na testa das filhas... Depois, também tem que ver com a tradição familiar. Na minha família, toda a gente é batizada, e eu não só sou batizado, como andei um pouquinho mais para a frente."

Bárbara - que, frise-se, já recuperou totalmente a sua forma física - estava visivelmente feliz por poder partilhar este dia com a família, sobretudo porque coincidiu com o 64.º aniversário do pai e o 14.º aniversário de casamento com a sua segunda mulher, Maria João. "Foi um dia perfeito. Agora vamos comer umas coisas boas em casa dos padrinhos, que são pessoas que recebem de uma forma absolutamente admirável e onde se come melhor do que em qualquer restaurante", segredou Alexandre Elias, referindo-se a Mico e Carolina Ortigão Pinto, que, além de terem aceite o convite para serem padrinhos de Maria, fizeram questão de abrir as portas da sua casa, situada na Quinta da Beloura, para receber e servir o almoço aos convidados deste batizado.

"Estou francamente habituada a receber, não é uma coisa que me assuste... Além disso, tenho uma estrutura confortável, o que também ajuda. Como a Bárbara e o Nuno adoraram a ideia, acabei por lhes tirar este peso de cima", explicou Carolina Ortigão Pinto, revelando ter ficado muito sensibilizada com o convite para ser madrinha: "O batismo é um sacramento e eles sabem que eu levo este papel de madrinha muito a sério. Nunca vou largar a Maria, com certeza."

*Este texto foi escrito nos termos do novo acordo ortográfico.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras