Nas Bancas

A dois meses de ser mãe, Rita Mendes avança: "Já me sinto mais ansiosa"

Animada e descontraída, a DJ partilhou com a CARAS as emoções que têm pautado esta fase final da gravidez. 

Joana Carreira
30 de agosto de 2010, 12:33

Rita Mendes, de 33 anos, está a cerca de dois meses de ser mãe de um rapaz, Afonso, e já não esconde a ansiedade que sente para ter o filho nos braços. Apesar de ter vivido uma gravidez muito tranquila e de ter continuado a fazer a sua vida normal, a DJ avança que já chegou a hora de abrandar o ritmo e de preparar a chegada do filho. Separada de Roger Branco, pai do bebé, Rita confessa que nem sempre é fácil gerir emocionalmente a situação. Contudo, garante, o bebé é e será sempre a prioridade dos dois.
Para captar este momento único da sua vida, a CARAS fez uma sessão fotográfica com a DJ na praia de Santa Eulália, em Albufeira, durante a qual Rita se mostrou orgulhosa dos dez quilos que engordou.

- Como se sente nesta fase?
Rita Mendes - Graças a Deus tive uma gravidez muito tranquila e até aqui fiz quase sempre a minha vida normal. Agora começo a sentir-me mais cansada e os movimentos do bebé, que são a coisa mais maravilhosa do mundo, fazem-me senti-lo cada vez mais presente. Já me sinto mais ansiosa para o ver.

Rita Mendes
Rita Mendes
Catarina Larcher
- Como é que lidou com as transformações do seu corpo?
- Tenho gostado muito de estar grávida. Acho que tive alguma sorte... Engordei até agora dez quilos, mas sinto-me bem com o meu corpo e gosto de ver a barriga a crescer. É uma fase muito bonita e gosto de me ver ao espelho.


- Vai ser mãe solteira, mas os seus amigos, a família e o Roger têm estado sempre consigo...
- Como de facto fiquei um bocadinho "desmembrada" pela minha separação, os mimos da família e dos amigos multiplicaram-se e ficaram muito mais atentos. Neste momento, eu e o Roger temos uma relação cordial e temos estado a descobrir como lidar com esta separação tendo um filho a caminho, porque não é fácil. Apesar de sabermos que a prioridade é o Afonso, as coisas não são perfeitas e nem sempre corre tudo como nós queremos. Temos tido os nossos altos e baixos, mas vamos conseguindo lidar com a situação e nas alturas cruciais, como as consultas e as ecografias, o Roger está presente.


Rita Mendes
Rita Mendes
Catarina Larcher
- Tem dito que o Hugo Sequeira é apenas seu amigo, mas é inegável que ele tem sido uma das pessoas que mais a tem apoiado nesta fase. Há possibilidade de ele vir a ser mais do que um amigo?
- Ele não é meu namorado, mas acaba por ser a imagem masculina mais próxima de um namorado que eu tenho neste momento. Apesar de não haver uma relação amorosa entre nós, o Hugo tem sido um pilar na minha vida. Neste momento, acho que não há essa possibilidade, mas a verdade é que às vezes existem amores que não são carnais e que acabam por ser tão ou mais importantes.


*Este texto foi escrito nos termos do novo acordo ortográfico.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras