Nas Bancas

Domingos Duarte Lima

Domingos Duarte Lima

Paulo Miguel Martins

Amigas de Rosalina Ribeiro contradizem Duarte Lima

A portuguesa assassinada no Brasil terá confidenciado a duas amigas que tinha um encontro alegadamente marcado pelo advogado. Nessa noite, Rosalina Ribeiro foi encontrada morta.

Andreia Guerreiro
17 de agosto de 2010, 19:28

A edição de ontem, 16 de agosto, do jornal brasileiro Extra avança que duas amigas de Rosalina Ribeiro, a portuguesa assassinada no Brasil em dezembro de 2009, contradizem as declarações do advogado Domingos Duarte Lima. Rosalina Ribeiro terá partilhado com as amigas que tinha um encontro com um desconhecido, marcado pelo advogado para a noite em que foi encontrada morta, 7 de dezembro. A companheira do milionário Lúcio Tomé Feteira ter-se-á mostrado apreensiva relativamente ao encontro - Duarte Lima não terá avançado pormenores, pois suspeitava que os telefones pudessem estar sob escuta - e terá mesmo dito às amigas que pretendia levar a pessoa a um restaurante próximo para que não ficassem sozinhos.

Esta informação vem assim desmentir as declarações de Duarte Lima à polícia brasileira, uma vez que o advogado afirmou ter-se encontrado com a cliente perto da sua residência na Praia do Flamengo e que esta lhe pediu para a levar até Maricá, onde tinha um encontro marcado com uma mulher chamada Gisele.

Rosalina Ribeiro foi encontrada morta na noite de 7 de dezembro, tendo sido alvejada na cabeça e no peito, cerca de duas horas depois de ter deixado o prédio onde residia, segundo as perícias médico-legais. O corpo, encontrado em Saquarema, a 90 km do Rio de Janeiro, não apresentava outros sinais de violência e as joias da companheira de Tomé Feteira não foram roubadas. Apenas faltava a pasta de documentos com que tinha saído de casa.

Saiba mais pormenores sobre este caso no site da VISÃO

*Este texto foi escrito nos termos do novo acordo ortográfico.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras