Nas Bancas

olga-diegues-e-joao-ramalho-3427.jpg

A felicidade de Olga Diegues e João Ramalho

Após onze anos de namoro, a atriz e o gestor oficializaram a relação num dia de emoções.

Redação CARAS
14 de agosto de 2010, 22:51

Foi na Igreja do Bom Jesus de Matosinhos, terra natal do noivo, que Olga Diegues e João Ramalho, ambos de 29 anos, oficializaram a sua relação. O gestor chegou à igreja à hora prevista e, antes de entrar, partilhou o seu nervosismo: "Acordei com dores de barriga como se fosse fazer exames. Já não me sentia assim desde a faculdade. Estava um bocadinho ansioso!" Em seguida, João percorreu o caminho até ao altar de braço dado com a mãe, Ana Ramalho, que não escondeu a sua emoção por estar a viver "um dia muito especial". "Gosto muito da Olga, temos uma relação fantástica", referiu à CARAS a mãe do noivo, que fez questão de acompanhar João nos preparativos: "É um filho muito querido. Ele sabe que pode contar sempre comigo."

Por seu turno, a mãe da noiva, Maria do Céu Diegues, fez saber que na família "toda a gente adora o João. Já o conhecemos há muito anos e eles dão-se muito bem. Este era um dia esperado por todos". Idealizado pelos noivos, que começaram a namorar há onze anos e moram juntos há cerca de um, o casamento contou com a presença de 200 convidados. Amiga, confidente e agente de Olga Diegues, Beatriz Lemos parecia contagiada pelo nervosismo da ocasião. "É um dia muito importante para eles. A Olga está muito contente, felicíssima. E linda!", contou, à chegada, a madrinha da noiva, sem desvendar grandes pormenores sobre o que se iria passar: "Foi ela que pensou em tudo, não quis a interferência de ninguém. Vai ser uma surpresa para todos nós!"

Minutos depois dos convidados entrarem na igreja, Cesário Diegues conduziu a filha até João Ramalho, num dos momentos mais emocionantes da cerimónia. Ao som da Marcha Nupcial, interpretada pelo coro Genesis, Olga Diegues dirigiu-se ao noivo muito sorridente. "Quando vi o João no altar senti o que qualquer mulher sente quando se vai casar com a pessoa que ama e tem a certeza do que está a fazer. Estou muito feliz!", disse-nos, hora e meia mais tarde, à saída da igreja, depois de cumprimentar todos os convidados na companhia do marido. Para este dia, Olga escolheu um romântico vestido cai-cai da Rosa Clará em seda e tule pérola, sendo o véu do mesmo tule. Penteada por Mafalda Perfeito, levava o cabelo apanhado e apenas uns sóbrios brincos de Viana a valorizar a sua beleza. Quanto ao bouquet, era de hortenses brancas, e os sapatos, forrados com a seda do vestido, tinham a assinatura de Luís Onofre.

 João Ramalho, também ele um noivo muito elegante, optou por um fraque escuro da Prassa. Após a cerimónia religiosa, noivos e convidados seguiram então para a Quinta da Prata, onde foi servido o copo-de-água e houve espaço para muitas surpresas, entre elas um vídeo sobre o casal, da autoria dos amigos. Entusiasmados e felizes por serem, finalmente, marido e mulher, João Ramalho e Olga Diegues celebraram até de madrugada este momento tão importante das suas vidas.


FOTOS:
Jorge Castro e Miguel Araújo


Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras