Nas Bancas

Zulmira Ferreira confessa: "Continuo tão apaixonada como no primeiro dia"

Ao lado de Jesualdo Ferreira há 25 anos, é com grande entusiasmo que segue o treinador até onde a carreira o leva.    

Joana Carreira
7 de agosto de 2010, 10:27

Dona de uma alegria e força de viver contagiantes, Zulmira Ferreira, de 50 anos, tem no marido, Jesualdo Ferreira, de 64 anos, atual treinador do Málaga, e no filho, Eduardo, de 30 anos, os seus grandes amores. De tal forma que desde que conheceu Jesualdo [que trata pelo primeiro nome, Manuel], há 25 anos, a consultora de investimentos tem vivido em função dele. E nunca se arrependeu de o ter feito, até porque continua tão apaixonada como no dia em que o conheceu.
Foi durante uma tarde passada na My Clinique, em Lisboa, onde está a fazer alguns tratamentos, e dias após a notícia de que iria viver para Espanha, devido à mudança de clube do seu marido, que a consultora conversou com a CARAS.

- A sua vida tem de ser feita de mudanças em função do seu marido...
Zulmira Ferreira - Vivo com as malas feitas! [risos] Já estou tão habituada que até já tenho espírito de emigrante.

- Está então preparada para fazer a sua vida em Málaga?
- Preparadíssima, adoro Espanha.

Zulmira Ferreira
Zulmira Ferreira
João Lima
- Tem sido fácil relegar os seus projetos pessoais para segundo plano, em função da vida profissional do seu marido?
- Foi uma opção muito refletida da minha parte e a partir daí não me posso lamentar. Encaro sempre tudo com muito otimismo e alegria. São sempre experiências positivas e gratificantes.


- A sua opinião é fundamental nas decisões que o seu marido toma?
- Eu tenho opinião e o meu marido pede-ma... Se é fundamental ou não, penso que sim, até porque conversamos sempre muito, como aconteceu agora com este desafio.


- Vão ficar longe da vossa família, neste caso da sua mãe e filho e dos filhos e netos do Jesualdo. Essa é a parte mais difícil de gerir?
- Eles irão visitar-nos com muita frequência... Vamos superar tudo... É evidente que não acompanharemos o crescimento dos netos como gostaríamos, mas são opções de vida...


Zulmira Ferreira
Zulmira Ferreira
João Lima
- Nunca se sente sozinha?
- Nem sempre é fácil, mas como já estou tão habituada... Estou muito expectante com esta nova experiência. Gosto imenso da azáfama de procurar casa, mobilar, fazer amizades... Estou muito feliz.


- Devido à idade do seu marido, não achava que ele iria reformar-se este ano?
- [risos] Pensava que sim, e acharia fantástico, mas como sei que ele ainda não está preparado para isso, só tenho que o apoiar.


- Esse é o segredo para mais de duas décadas de vida em comum?
- Acaba por ser. Há uma cumplicidade muito grande entre nós e muitas vezes não são precisas palavras, basta um olhar.


Zulmira Ferreira
Zulmira Ferreira
João Lima
- Sente que o seu apoio é fundamental no sucesso do seu marido?
- Sinto. Penso que nesta vida de desporto de alta competição, o apoio das famílias é fundamental. E as famílias devem estar preparadas para tudo.


- Alguma vez se sentiu incomodada por ser conhecida como 'a mulher do Jesualdo Ferreira'?
- Eu sou a Zulmira, mas a verdade é que se não fosse mulher de quem sou, muito provavelmente não estaríamos a ter esta conversa. Seria uma comum mortal, desconhecida.


- Apesar de estarem juntos há tantos anos, continuam sem descurar a relação?
- Continuamos a sentir imensas saudades um pelo outro, e isso é um sentimento quase constante. Digo do fundo do coração que continuo tão apaixonada como no primeiro dia. Ele surpreende-me constantemente e faz-me sentir amada. Independentemente de todo o tipo de sentimentos que nutro pelo Manuel, sinto uma admiração muito grande pelo fantástico ser humano que ele é.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras