Nas Bancas

users_0_15_7-c75b.jpg

A reação do Presidente da República à morte de António Feio

Recorde algumas imagens do dia em que o ator se tornou comendador da ordem do Infante D. Henrique.

Melissa Tavanez
30 de julho de 2010, 13:34

Fotos: Natacha Brigham

Após ser divulgada a notícia da morte de António Feio, que morreu ontem, às 23h40, no Hospital da Luz, em Lisboa, várias figuras públicas fizeram questão de comentar esta perda para a cultura portuguesa e o Presidente da República não foi exceção.

"Foi com grande pesar que tomei conhecimento da morte de António Feio, figura bem conhecida e querida dos Portugueses, que tive a oportunidade de homenagear no Dia Mundial do Teatro, e cujo desaparecimento deixa um enorme vazio entre todos os que se habituaram a conviver com ele. Em nome do Povo Português, em nome da minha mulher e em meu nome pessoal, apresento sentidas condolências à Família do actor e encenador que, pela sua longa carreira e pela forma como influenciou as novas gerações de actores, se transformou numa figura incontornável do teatro, cinema e televisão em Portugal, ganhando ao longo dos anos a estima de todos os Portugueses. É, pois, muito justo que, neste momento de luto, preste a minha homenagem a um homem de elevadas qualidades humanas e artísticas que lhe granjearam o respeito de todos os que acompanharam o seu percurso pessoal e profissional." É desta forma que, em comunicado enviado à comunicação social, Aníbal Cavaco Silva recorda o ator, humorista e encenador e lamenta a sua morte.

*Este texto foi escrito nos termos do novo acordo ortográfico.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras