Nas Bancas

Roman Polanski: A primeira aparição pública desde que foi libertado

Depois de nove meses de prisão, o realizador franco-polaco é um homem livre e marcou presença no concerto da mulher, Emmanuelle Seigner, no Festival de Jazz de Montreux.

Andreia Guerreiro
18 de julho de 2010, 15:56

Durante meses Roman Polanski garantiu que era inocente e que não deveria estar preso. Esta semana o governo suíço deu-lhe finalmente razão ao rejeitar o pedido de extradição dos Estados Unidos e ao terminar assim com a prisão domiciliária. "[Roman Polanski] não será extraditado para os Estados Unidos e as medidas de restrição da sua liberdade serão levantadas", informou o Ministério da Justiça helvético no passado dia 12.


Roman Polanski e Emmanuelle Seigner
Roman Polanski e Emmanuelle Seigner
Reuters
Aos 76 anos, o realizador quer agora recuperar o tempo em que se viu privado da sua liberdade e logo nos dias seguintes ao anúncio foi visto a passear nas ruas da localidade suíça de Montreux. Já ontem à noite, Polanski esteve no Festival de Jazz da cidade, onde assistiu ao concerto da mulher, a cantora e atriz francesa
Emmanuelle Seigner
, que foi uma das suas maiores defensoras enquanto esteve preso.


*Este texto foi escrito nos termos do novo acordo ortográfico.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras