Nas Bancas

FOTOGALERIA: Musical reúne amantes do fado no Casino Estoril

Filipe La Féria contou com a presença e apoio de centenas de amigos em noite de estreia.

Andreia Guerreiro
14 de julho de 2010, 11:46



FOTOS:
Nuno Miguel Sousa

O fado é um estilo musical exclusivamente português e o que melhor exprime a essência da alma lusa. Por isso, goste-se mais ou menos, não há quem não se orgulhe deste legado cultural. E foi precisamente a paixão pelo fado que levou centenas de personalidades à estreia do musical Fado - História de um Povo, de Filipe La Féria, que teve lugar no Salão Preto e Prata do Casino Estoril.

Apesar de já estar mais do que habituado a noites como esta, Filipe La Féria continua a sentir algum nervosismo antes do início de cada espetáculo, como nos confessou: "Sinto-me como se tivesse terminado uma viagem, embora sempre preparado para outras. No dia da estreia um encenador termina sempre uma missão, e este espetáculo foi realmente feito com sangue, suor e lágrimas. Este musical faz repensar a alma portuguesa e a sua história através do fado."

Maria Barroso, que foi das primeiras a chegar, explicou que sempre que pode não perde um espetáculo do encenador: "Costumo assistir aos espetáculos do La Féria, que é um grande homem do teatro, e não podia faltar a este. Quando era jovem, ligava-se o fado ao regime, e eu não gostava muito, mas hoje em dia é algo que aprecio. Gosto muito de ouvir a Amália, o Camané e o Carlos do Carmo."

Assumidamente adepto de fado, até porque alguns dos seus familiares são fadistas, António Capucho também fez questão de estar nesta estreia, na companhia da sua mulher, Madalena Capucho. "Desde há muitos anos que sou grande apreciador de fado. E o La Féria, em situações como esta, é mestre", referiu o presidente da Câmara Municipal de Cascais, adiantando: "Sempre que aqui venho, sinto-me em família, pois encontro imensos amigos e passo noites muito divertidas."

Duarte Nobre Guedes, presidente da Turismo Estoril, também estava visivelmente satisfeito com esta noite: "Este é o recomeço de uma nova era para o Estoril, e fico bastante satisfeito, pois o Casino é um espaço cultural bastante importante em termos turísticos. Oiço fado habitualmente e desde miúdo que gosto muito. Há até um fado da Amália que oiço com bastante regularidade. O fado faz parte da nossa cultura e do nosso património."

Fernando Seara e a mulher, a jornalista Judite Sousa, também estavam na plateia. E após cerca de hora e meia de musical, o autarca de Sintra confessou: "É um espetáculo grandioso, que recria a história do fado, e acho que engrandece quem o fez. Merece a pena ser visto e tenho a perceção de que vai estar em palco bastante tempo, pois é suficientemente transversal para diversas gerações. Sou um grande apreciador de fado, da geração em que o fado era pelo combate à liberdade, e algumas daquelas letras traziam-me um sentimento de luta e depois de alegria pela liberdade conquistada."

Após o espetáculo, que no elenco conta com a participação de nomes como Alexandra, Gonçalo Salgueiro e Inês Santos, os convidados reuniram-se num coquetel, durante o qual tiveram a oportunidade de conhecer todo o elenco, ao qual deram os parabéns pessoalmente.

TEXTO:
Andreia Cardinali

CLIQUE PARA VER MAIS FOTOGALERIAS



Siga a CARAS no
e no
!


*Este texto foi escrito nos termos do novo acordo ortográfico.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras