Nas Bancas

Marcantonio del Carlo e Marta Nunes casaram-se: "Foi um passo natural"

Juntos há mais de quatro anos, os dois atores revelam que se casaram numa cerimónia íntima, na presença de Salomé, filha de Marta.

Andreia Guerreiro
8 de julho de 2010, 10:19

Juntos há mais de quatro anos, o ator Marcantonio del Carlo, de 44 anos, e a atriz Marta Nunes, de 30, garantem que a vida passou a fazer mais sentido desde que decidiram partilhá-la. Deste amor faz parte Salomé, de oito anos, filha de uma anterior relação da atriz. Esta foi a primeira vez que deram uma entrevista juntos, na qual revelaram que estão casados.

- Foi o facto de terem a mesma profissão que vos juntou?
Marta Nunes -
Sim, mas foi há tanto tempo que já nem me lembro. Tinha de ser. Quando as pessoas se conjugam em termos de relação e têm o mesmo trabalho, se calhar é mais fácil.

- Têm, então, a certeza de que a vida faz mais sentido partilhada...
Marcantonio del Carlo -
Sim, é um bem-estar. Enfrentar a vida a dois é muito mais fácil e gratificante do que sozinho. É importante estar com alguém de quem se goste mesmo e nunca por comodismo.

- Cuidam muito um do outro e da relação?
Marta -
É fundamental. Somos muito românticos e afetuosos. Qualquer relação precisa de ser cultivada.

- O Marcantonio ganhou uma família, a Marta e a Salomé... Como tem sido?
Marcantonio -
Muito bonito. Não é fácil educar uma criança, mas todos os dias descubro coisas novas e percebo que os meus problemas são relativos comparados com a Salomé.
Marta - Foi algo que se construiu e conquistou.

Salomé, Marcantonio del Carlo e Marta Nunes
Salomé, Marcantonio del Carlo e Marta Nunes
Catarina Larcher
- O Marcantonio fala um pouco como pai da Salomé....
Marta -
Foi algo que surgiu naturalmente. A Salomé e o Marcantonio gostam muito um do outro e surgiu de uma forma muito natural, como só as crianças conseguem.

Marcantonio -
Na minha geração é que havia o tabu dos padrastos, hoje em dia isso já não acontece, e ela vê um pai de uma maneira e outro de outra. Foi ela que decidiu que seria assim quando me perguntou se me poderia tratar por papá. Foi algo natural que não criou qualquer espécie de atritos, nem com o pai biológico nem comigo.


- Com certeza que para si essa foi uma ocasião muito especial...
-
Absolutamente, foi como ter visto a Salomé a nascer. Por vezes, somos nós que complicamos tudo.


- E imagino que seja opinativo no que toca à educação da Salomé...
-
Claro que sim, aliás, sou um pai-galinha.

Marta -
Ensinou a Salomé a nadar e a fazer tantas outras coisas que é suposto um homem fazer... Sinto-me muito feliz por poder partilhar as dúvidas que tenho em relação à educação da Salomé com o Marcantonio, que relativiza os meus medos.


- O casamento faz parte dos vossos planos?
Marcantonio -
[risos]

Marta -
Nós já estamos casados. Foi recente e foi uma cerimónia muito íntima.

Marcantonio -
Foi um passo natural, circunstancial, que quisemos dar.


Salomé, Marcantonio del Carlo e Marta Nunes
Salomé, Marcantonio del Carlo e Marta Nunes
Catarina Larcher
- Mas não usam aliança... Não é importante?
Marta -
Não.

Marcantonio -
O casamento não é um anel nem um papel.

Marta -
O casamento é quando as pessoas decidem viver juntas e partilhar a sua vida, por isso, já estamos casados há muito tempo.


- E gostariam de ter filhos em comum?
Marcantonio -
Isso é algo muito íntimo a que não vamos responder. [risos]




Siga a CARAS no
e no
!


*Este texto foi escrito nos termos do novo acordo ortográfico.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras