Nas Bancas

Belmiro de Azevedo com a mulher, Margarida, o filho mais velho e a mulher deste, Paulo e Nicole Azevedo

Belmiro de Azevedo com a mulher, Margarida, o filho mais velho e a mulher deste, Paulo e Nicole Azevedo

Joaquim Norte de Sousa

Belmiro de Azevedo recebe homenagem com modéstia

"Tenho uma admiração muito grande pelo meu pai e acho que é uma homenagem merecida." (Paulo Azevedo)

Andreia Guerreiro
3 de abril de 2010, 19:40

Vinte e cinco anos depois de se ter tornado membro da Associação Comercial do Porto, Belmiro de Azevedo foi homenageado pela assembleia geral daquela instituição, que lhe atribuiu o estatuto de sócio-honorário. "Quando me disseram, pensei que me queriam correr da associação! Não gosto de receber homenagens. Resisti, até que chegou uma altura em que não pude continuar a dizer que não. Explicaram-me que a homenagem vinha no seguimento do meu trabalho realizado na Sonae", contou o empresário à CARAS.

Na semana em que a revista Forbes nomeou Belmiro de Azevedo como um dos mil homens mais ricos do mundo - o único português depois de Américo Amorim -, o engenheiro desmistifica e afirma ser um "care-taker. Sou uma espécie de gestor de riqueza. Limito-me a tomar conta e a investir".

Sucessor do pai na Sonae, Paulo Azevedo não hesitou em considerar esta "homenagem muito merecida", e explicou: "Tenho uma admiração muito grande pela obra do meu pai e, como tal, acho que todas as homenagens que lhe fazem são merecidas. Ele é um empreendedor, um homem de negócios, do comércio."

Embora acredite que o pai ainda "vai fazer muita coisa", o actual patrão da Sonae diz que "há uma fase da carreira em que se dá valor a estas distinções", recordando que Belmiro de Azevedo já tinha sido homenageado no Brasil, em Inglaterra e em Espanha.

E foi todo o percurso do empresário, natural de Marco de Canaveses, que levou a ACP a nomear Belmiro de Azevedo sócio-honorário, o que já não acontecia há mais de 20 anos.
"Ele representa tudo o que nós somos. É um grande comerciante e empresário. É um homem livre, que zela pelo Porto e dá emprego a muita gente, e que não se submete aos poderes políticos"
, referiu o presidente da ACP,
Rui Moreira
.




Siga a CARAS no
e no
!

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras