Nas Bancas

Anna Westerlund ansiosa pelo nascimento de Max

O nascimento do bebé está previsto para daqui a dois meses.

Melissa Tavanez
28 de fevereiro de 2010, 13:32

Ainda faltam dois meses para o nascimento de Max, mas Anna Westerlund já está "desejosa" de ter o seu bebé nos braços. "A barriga ficou grande e pesada logo muito cedo", desabafou a ceramista, na inauguração da Clínica Quadrantes Cascais, pela qual o marido, Pedro Lima, dá a cara, e para a qual ela criou várias peças decorativas: "Continuo a trabalhar todos os dias, ainda por cima o ateliê é em casa, o que é uma vantagem enorme, porque, além de poder reforçar o meu horário de trabalho, posso, ao mesmo tempo, acompanhar as minhas filhas de perto."

Anna Westerlund com as filhas
Anna Westerlund com as filhas
Catarina Larcher

A única 'desvantagem' é que Emma e Mia, que dias depois encontrámos com a mãe num evento Winx, querem sempre ajudar Anna: "Elas adoram o meu trabalho, o que é uma chatice. Sempre que tenho de ir fazer qualquer coisa para o ateliê, querem logo vir. E eu, para conseguir trabalhar, tenho de as deixar em liberdade total, pelo que há sempre uma zona do ateliê que fica um caos! Mas acho que para elas é saudável e importante, porque estas actividades manuais são óptimas para as crianças."

O que é certo é que as duas crianças já revelam bastante jeito, pelo menos o suficiente para a mãe ter a casa decorada com peças feitas por elas: "Confesso que tenho bastantes peças feitas por elas espalhadas pela casa. Mas eu sou fã da linguagem infantil, acho que é sempre especial, e por vezes ponho-as em destaque, tipo obras de arte."

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras