Nas Bancas

Gabriela Canavilhas

Gabriela Canavilhas

Joaquim Norte Sousa

Gabriela Canavilhas dá estilo à política

Desde que assumiu o cargo de ministra da Cultura, a pianista Gabriela Canavilhas, de 49 anos, despertou a atenção de todos pela sua beleza, elegância e simpatia.

Melissa Tavanez
9 de fevereiro de 2010, 16:33

"Uma lufada de ar fresco no Governo" ouviu-se, em plena Avenida dos Aliados, quando Gabriela Canavilhas chegou à cerimónia de abertura das comemorações do Centenário da República, que se realizou no passado fim-de-semana no Porto. Pela beleza, simpatia e estilo, a ministra da Cultura, de 49 anos, é notada entre os demais e os elogios sucedem-se. Com uma imagem cuidada e um sorriso nos lábios, Gabriela Canavilhas acrescentou feminilidade e colorido ao executivo, maioritariamente masculino e vestido de cinzento.Desde que assumiu o cargo, no final de Outubro, a pianista tem despertado a atenção da comunicação social e dos portugueses. No Facebook, numa página da autoria de um fã, é apresentada como "a ministra da Cultura mais bonita do mundo. Tem uma linda voz, mãos de pianista e espelha a beleza dos Açores, de Portugal e de Angola"! Na página da rede social, Gabriela Canavilhas é recordada com saudade por pessoas que com ela se cruzaram durante a sua passagem pela Direcção Regional da Cultura dos Açores ou nas aulas de música de câmara que leccionou no Conservatório.

Mas o percurso profissional da pianista também suscita admiração. O compositor António Pinho Vargas, por exemplo, defende que Gabriela Canavilhas tem "combatividade suficiente para desempenhar o cargo" e elogiou a sua "capacidade de trabalho e determinação".

Casada com José Manuel Canavilhas, a ministra tem uma filha de 23 anos, Joana.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras