Nas Bancas

Morreu Rosa Lobato de Faria

A escritora encontrava-se internada há cerca de uma semana e morreu devido a complicações intestinais.

Melissa Tavanez
2 de fevereiro de 2010, 17:28

Rosa Lobato de Faria morreu hoje, dia 2 de Fevereiro, aos 77 anos, na sequência de complicações intestinais. A escritora e actriz encontrava-se internada há cerca de uma semana num hospital privado de Lisboa devido a uma anemia grave.

Rosa Lobato de Faria sofreu uma infecção intestinal no Verão passado, tendo sido submetida a um intervenção cirúrgica de emergência, e desde essa altura que era vigiada por causa das complicações no aparelho digestivo, estando a soro no hospital.

Recorde-se que a escritora sofreu um duro golpe emocional em Novembro de 2008 com a morte do marido, o editor Joaquim Figueiredo Magalhães, de 92 anos, com quem estava casada há 33 anos.

A actriz deixa 12 netos, nove raparigas e três rapazes, e quatro filhos, Teresa Sacchetti, de 57 anos, João Sacchetti, de 54, e Bi Rebelo de Sousa, de 53, fruto do casamento com António Sacchetti, e Nuno Franco, de 45, fruto da relação com Carlos Franco.

Romancista, poeta e actriz, Rosa Lobato Faria fica para sempre na história por ter escrito obras como Poemas Escolhidos e Dispersos, O Pranto de Lúcifer, Os Pássaros de Seda, Os Três Casamentos de Camilla S., Romance de Cordélia, O Prenúncio das Águas, A Trança de Inês, O Sétimo Véu, Os Linhos da Avó, A Flor do Sal, A Alma Trocada ou mesmo A Estrela de Gonçalo Enes.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras