Nas Bancas

Elvis Presley: Priscilla conquistou-o à primeira vista

O 'Rei' casou-se a 1 de Maio de 1967, em Las Vegas.

Melissa Tavanez
9 de janeiro de 2010, 13:18

Filho único - o seu irmão gémeo, Jessie Garon, morreu no parto - de Vernon e Gladys Presley, Elvis Aaron Presley nasceu a 8 de Janeiro de 1935 em East Tupelo, no estado do Mississipi. De ascendência irlandesa, Vernon Presley não era um homem especialmente ambicioso, dedi­cando-se a trabalhos menores e mudando frequentemente de emprego. A família vivia, por isso, no limiar da pobreza, situação que se agravou quando, em 1938, Vernon e um cunhado foram presos por falsificar um cheque. Durante os oito meses que o pai passa na prisão, Elvis e a mãe são despejados da casa onde moram e são acolhidos pela família de Gladys, o que não evita que a saúde desta se ressinta fortemente do abalo. Elvis cresceu com uma forte ligação à mãe, por quem nutria uma verdadeira idolatria, e nunca se recompôs da sua morte, em Agosto de 1958. Elvis, que gravara pela primeira vez em 1954 e em 58 era já uma estrela, encontrava-se na ocasião na Alemanha a cumprir o serviço militar, pois, numa excelente manobra de marketing, preferiu ser um americano cumpridor a tentar livrar-se da tropa.

Elvis com os pais, Gladys e Vernon Presley.
Elvis com os pais, Gladys e Vernon Presley.
AFP /Getty /Reuters

E foi na Alemanha que, em 59, conheceu a filha de um oficial americano, Priscilla Beaulieu, então com apenas 14 anos. Elvis ficou impressionado pela beleza de Priscilla, que parecia mais velha, e foi vítima de paixão à primeira vista. Vencida a resistência dos pais dela, começaram a namorar, e nem o regresso de Elvis aos EUA, em Março de 60, nem o facto de terem estado dois anos sem se ver arrefeceram os sentimentos de ambos.

Priscilla e Elvis com a filha, Lisa Marie.
Priscilla e Elvis com a filha, Lisa Marie.
AFP /Getty /Reuters

Após oito anos de namoro, e pressiona­do pelo pai de Priscilla, o casamento realizou-se a 1 de Maio de 1967, em Las Vegas. A 1 de Fevereiro nascia a única filha do casal, Lisa Marie. Os primeiros anos terão sido felizes, mas o crescente sucesso de Elvis, as ausências que a carreira lhe exigia, a sua crescente dependência de medicamentos e vários casos de infidelida­de de ambas as partes ditaram o fim da relação, em 1972. Elvis e a ex-mulher conseguiram, ainda assim, permanecer amigos até à morte do músico, a 16 de Agosto de 1977, e Priscilla viria a fundar a Elvis Presley Enterprises, que gere todo o legado do 'Rei do Rock', e da qual foi presidente entre 82 e 98. Elvis teve várias ligações amorosas nos últimos anos de vida, mas nenhuma com significado suficiente para se casar novamente.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras