Nas Bancas

Em Lisboa, Lavínia Vlasak vive dias de romantismo com o marido, Celso Neto, com quem partilha a vida há nove anos

"Temos uma grande afinidade, química, prazer na companhia um do outro." (Lavínia)

Melissa Tavanez
27 de novembro de 2009, 12:36

Lavínia Vlasak já esteve em Lisboa quatro vezes, sempre em trabalho e sempre na companhia do marido, o economista Celso Neto, com quem vive um amor sólido há quase nove anos e com quem subiu ao altar em Setembro de 2007. A única diferença é que agora, cada vez que viajam juntos, não conseguem esconder as saudades que sentem do filho, Felipe, de dez meses, que veio mudar completamente as suas vidas.

Assim que chegaram ao Palacete Tivoli, em Lisboa, para a final do concurso Cabelo Pantene 2009, do qual a actriz foi embaixadora, todas as atenções se voltaram para Lavínia e o marido. Habituado a este género de situações, mas também a deixar a mulher brilhar, Celso manteve-se à margem o mais possível e garantiu que os flashes e as atenções viradas para a sua mulher não o incomodam de todo. Embora algo reticente em ser entrevistado pela CARAS, visto que prefere manter-se na sombra, o economista acabou por ceder, até porque assim poderia explicar as suas razões: "
Não gosto de entrevistas, a estrela é a minha mulher, não eu. Sou somente o marido, e quando há este género de eventos, venho prestigiá-la, mas deixo-lhe o espaço que ela merece e tem. Já estou acostumado e entendo perfeitamente a sua carreira, caso contrário não estaríamos juntos há nove anos. A partir do momento em que saímos de casa, já sabemos como poderá ser... Quando não queremos ser assediados, vamos para locais onde isso não possa acontecer. [risos] Sou o maior fã dela."
Após todas as entrevistas, Lavínia, que esteve sempre de olho no marido, não se coibiu de o mimar, até porque, garante,
"uma relação, para dar certo, tem de ser cuidada, é como uma planta, se não for regada, acaba por murchar e, eventualmente, morrer".
Lavínia Vlasak e Celso Neto
Lavínia Vlasak e Celso Neto
Victor Freitas

A actriz explicou ainda que é fundamental ter a seu lado alguém que entenda a sua profissão: "Independentemente da minha profissão de actriz, acho que em qualquer área que se escolha trabalhar temos de ter sempre o cuidado de ter alguém que nos compreenda e aceite. É também importante ser alguém que não se incomode com o nosso sucesso. O Celso entende que as pessoas me perguntem um monte de coisas, que tenho de parar para ser fotografada, tudo isso faz parte."

E foi com um sorriso que Lavínia revelou o segredo de nove anos de paixão contínua.
"Temos uma grande afinidade, química, prazer na companhia um do outro, rimos muito juntos e as nossas conversas são muito proveitosas, até porque quando se envelhece, o que sobra é a amizade e o companheirismo. Quando se está com alguém, tem de se trabalhar muito para se manter isso."

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras