Nas Bancas

Rosalina Machado

Rosalina Machado

Mário Galiano

Rosalina Machado: A arte de bem receber

A empresária recebeu como presente do marido, Francisco Machado, o restaurante Belcanto, no coração de Lisboa. Apesar de não ter experiência na área da restauração, Rosalina abraçou este novo desafio e hoje encara como uma missão perpetuar as histórias deste espaço emblemático.

Melissa Tavanez
23 de novembro de 2009, 15:48

Se há característica evidente em Rosalina Machado, é o empreendedorismo. Depois de ter sido chairwoman da Ogilvy & Mather, de onde saiu este ano, e de continuar empenhada em outras áreas empresariais, Rosalina enfrenta agora um novo desafio: a gestão do Belcanto, um dos mais emblemáticos restaurantes de Lisboa. Mas se hoje encara o perpetuar das histórias do Belcanto como uma missão, foi com estranheza que recebeu este presente sui generis. "Muitas pessoas perguntam por que é que me envolvi nesta brincadeira. E isto não é nenhuma brincadeira. Sou uma apaixonada por Lisboa e este restaurante faz parte da História desta cidade. E o mais importante de tudo, não fui eu que decidi, foi o meu marido. Chegou um dia à noite e disse-me que havia um restaurante muito giro que estava prestes a fechar e que mo oferecia. Eu sempre disse que não saberia gerir um hotel ou um restaurante, mas o meu marido já tinha dito que ficava com ele. E agora já passou a ser um dos meus desafios", defendeu a empresária, que reabriu este espaço junto ao Teatro S. Carlos no início de Setembro.

Apesar de querer manter intacta a marca, Rosalina já reformulou o restaurante, dando-lhe um ar sofisticado e, simultaneamente, acolhedor.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras