Nas Bancas

Morreu Robert Enke, ex-guarda-redes do Benfica

O guarda-redes alemão suicidou-se numa passagem de nível perto de Hannover. Enke, de 32 anos, era casado e tinha uma filha adoptiva de oito meses. Há três anos, o guarda-redes e a mulher viveram a tragédia de perder uma filha, com dois anos, devido a problemas cardíacos congénitos.

Andreia Guerreiro
10 de novembro de 2009, 21:16

Quando surgiram as primeiras notícias da morte de Robert Enke, tudo indicava que o guarda-redes do Hannover, de 32 anos, tinha sido acidentalmente colhido por um comboio. O site do diário alemão Bild, citando o presidente do clube referia que o jogador foi vítima de "um trágico acidente com um comboio numa passagem de nivel", em Hannover, cujas circunstâncias continuam "ainda por por apurar".
Contudo, e contrariando a tese de acidente incialmente diuvlgada, o amigo e empresário de Robert Enke, Jorg Neblung, avançou à agência alemã SID, que o jogador do Hannover se suicidou. "Posso confirmar que se tratou de suicídio. O Robert suicidou-se pouco antes das 18 horas. Os detalhes serão transmitidos em conferência de imprensa na quarta-feira, em Hannover", adiantou o agente do guarda-redes.

Robert Enke
Robert Enke
Reuters

Recorde-se que o alemão Robert Enke integrou o plantel do Benfica entre 1999 e 2002 tendo depois passado pelo FC Barcelona e pelo Fernerbahce. Actualmente, Enke jogava no Hannover, onde inclusivamente foi capitão, e encontrava-se a recuperar de uma infecção intestinal que o obrigou a afastar-se da competição durante cinco semanas. Enke era casado e tinha uma filha adoptiva de oito meses. Há três anos, o guarda-redes e a mulher viveram a tragédia de perder uma filha, com dois anos, devido a problemas congénitos cardíacos.


Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras