Nas Bancas

Nicolau Breyner

Nicolau Breyner

Natacha Brigham

Nicolau Breyner: "Graças a Deus está tudo ultrapassado, estou muito bem"

Três meses após a operação à próstata, o actor sente-se totalmente recuperado.

Andreia Guerreiro
31 de outubro de 2009, 16:24

Este tem sido um ano complicado em termos de saúde para Nicolau Breyner. Depois de ter sofrido uma operação em Março, para tirar pedras dos rins, foi-lhe diagnosticado um cancro da próstata, que o obrigou a uma nova intervenção cirúrgica em Julho. Três meses depois, o actor e realizador já fez a análise da PSA (antigénio específico da próstata) com resultados tranquilizadores. "Graças a Deus, está tudo ultrapassado, estou muito bem. Tenho de ser vigiado, o que todos deveríamos ser sempre e eu nunca fui, mas agora tenho, naturalmente, mais cuidado. Foi um susto que apanhei e um puxão de orelhas que a vida me deu", explicou, durante o lançamento do livro de Mário Zambujal Uma Noite Não São Dias, o qual apresentou.
Apesar de não se alongar em explicações sobre a doença, o actor garante que tal como qualquer pessoa na sua situação, teve medo que o pior acontecesse. "Claro que tive algum receio. A possibilidade de uma doença grave é sempre desagradável e faz-nos equacionar uma série de coisas. Deu-me uma percepção maior do fundamental e do supérfluo, mas também uma grande vontade de fazer mais coisas."
A ocasião serviu também para Nicolau sublinhar a sua amizade com Mário Zambujal e explicar o que achou do livro que apresentou. "Somos amigos de toda a vida, há 40, 50 anos, nem sei bem. Acho este livro fabuloso, é uma reflexão muito engraçada da nossa geração sobre as gerações futuras. Percebi que nos espera um mundo desencantado."

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras