Nas Bancas

Roman Polanski

Roman Polanski

Reuters

Roman Polanski continua preso

O realizador foi preso no passado domingo, dia 27 de Setembro, em Zurique, onde se encontrava para ser homenageado pela sua carreira.

Andreia Guerreiro
5 de outubro de 2009, 18:41

Aos 76 anos, o cineasta franco-polaco Roman Polanski enfrenta uma dura batalha, da qual tentava fugir desde 1977. De facto, nessa altura o realizador foi acusado nos Estados Unidos por ter abusado sexualmente de uma menor, Samantha Geimer, mas saiu do país antes da decisão judicial ter sido divulgado. Desde então, viu-se impedido de regressar aos Estados Unidos, a fim de evitar a prisão, mas acabou por ser preso na Europa, e mais concretamente no aeroporto de Zurique, na Suíça, onde se encontrava para receber um prémio carreira no Festival de Cinema da cidade.

Agora o jornal The Guardian adianta ainda que na altura em que foi acusado, Roman Polanski concordou pagar cerca de 345 mil euros à jovem, mas como não efectuou o pagamento total, poderá ser obrigado a dar-lhe mais 415 mil euros.
De salientar que os representantes legais do realizador já apresentaram recurso relativamente à detenção a mando dos Estados Unidos e justiça suíça já informou que tomará uma decisão "nas próximas semanas" e que até lá não dará mais detalhes sobre este caso.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras