Nas Bancas

Rui Veloso com o filho, Manuel, e Sofia Grillo

Rui Veloso com o filho, Manuel, e Sofia Grillo

Mike Sergeant

Rui Veloso confessa: "Têm sido meses dramáticos"

O músico no concerto dos Xutos com o filho, Manuel, e Sofia Grillo.

Melissa Tavanez
3 de outubro de 2009, 18:05

Os últimos meses não têm sido fáceis para Rui Veloso, que só este ano já foi internado três vezes, a primeira delas devido a um problema nos intestinos, que o obrigou a uma operação de urgência, e só deverá ficar resolvido com uma nova intervenção, prevista para as próximas semanas. Entretanto, o músico contraiu malária numa viagem a Moçambique e voltou a ser internado, embora esteja já recuperado. "Têm sido meses dramáticos. Ser internado três vezes num ano foi complicado e ainda vou voltar a ser internado... Os amigos e a família têm sido muito importantes, embora seja muito chato ficar dependente dos outros", afirmou.
Mas nem tudo é mau, e Rui faz questão de salientar um dos aspectos positivos desta fase: "É bom estar doente, porque consigo juntar os meus três filhos. Adoro tê-los juntos. A Joana acompanhou-me muito nesta fase, não me larga", adiantou. A filha mais velha do cantor, de 27 anos, que encontrámos no casamento de Ricardo Aragão Pinto, confirmou que tem vivido tudo muito de perto: "Tem sido um ano horrível, já não aguento hospitais. E o pior é que o meu pai tem sofrido muito com tudo isto. Eu tenho tido muito medo, e só vou ficar descansada depois dele ser operado e ficar livre de tudo." Rui tem contado ainda com o apoio dos outros dois filhos, Maria, de 15 anos, e Manuel, de 13, com quem assistiu ao concerto dos Xutos & Pontapés no Restelo. Com eles estava ainda a actriz Sofia Grillo, que o cantor garantiu já não ser sua namorada, e cuja dedicação elogiou: "É uma amiga para a vida, uma mulher muito especial e a verdade é que nunca deixámos de ser amigos." Sofia, aliás, revelou como foi determinante a sua ajuda. "Os amigos servem para isso, para se apoiarem. O Rui passou uma fase complicada e ainda por cima é muito despreocupado. Tive que o levar para o hospital para o internarem, porque ele nem queria. É a natureza dele."

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras