Nas Bancas

Margarida Prieto e Manuel Damásio justificam venda da sua propriedade

O casal esteve com os filhos mais novos, Manuel e Francisco, na inauguração da exposição 'Las Torres de la Alhambra', de Cristóbal Gabarrón, da qual Margarida foi comissária.

Melissa Tavanez
3 de outubro de 2009, 17:11

No mês passado, Margarida Prieto e Manuel Damásio puseram à venda a sua casa na Quinta da Marinha, por 15 milhões de euros, o que a tornou a propriedade mais cara de Portugal, segundo o mercado imobiliário. Razão para que se tivesse tornado assunto nas primeiras páginas da imprensa nacional.

Margarida Prieto, Manuel Damásio e os filhos
Margarida Prieto, Manuel Damásio e os filhos
Victor Freitas
Segundo explicaram Margarida e o ex-presidente do Benfica, a venda deste espaço onde viveram vários anos deve-se sobretudo ao facto dos três filhos do casal,
Margarida
, de 27 anos,
Manuel
, de 26, e
Francisco
, de 21, já terem saído de casa: a propriedade, com nove quartos, 12 casas de banho, várias salas de estar e jantar e uma discoteca com bar, ginásio, jacuzzi, duas piscinas e um grande jardim, tornou-se demasiado grande para duas pessoas.
"Não foi uma decisão tomada de ânimo leve, mas não nos estamos a separar, não temos dívidas, temos apenas uma casa demasiado grande para um casal. A minha filha mais velha vive na China, o meu filho do meio vai para Londres e o mais novo vai dar uma volta ao mundo, por isso, acabámos por ficar os dois, e uma casa como aquela é demasiado grande.
" Manuel Damásio acrescentou ainda, divertido: "
Havia meses em que nem sequer entrava em determinadas divisões!"

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras