Nas Bancas

Carlos Barbosa celebra com os filhos mais velhos a sua "paixão pela vida"

"Ter sido pai depois dos 40 foi algo de extraordinário. O Duarte dá-me imenso alento e força para viver." (Carlos Barbosa)

Melissa Tavanez
2 de outubro de 2009, 12:11

Foi uma feliz coincidência que deixou Carlos Barbosa agradavelmente surpreendido e, principalmente, muito orgulhoso. Três dias depois de ter completado 59 anos, o presidente do Automóvel Club de Portugal recebeu da marca suíça Piaget um relógio Piaget Polo, enriquecendo assim a sua já vasta colecção. Um gosto que lhe foi transmitido pelo pai, a par do dever da pontualidade, e que Carlos Barbosa transformou em paixão. Uma paixão partilhada com os filhos mais velhos, Marta e Miguel Barbosa, também presentes na cerimónia, no restaurante Eleven, em Lisboa.

Carlos Barbosa com os filhos, Miguel e Marta
Carlos Barbosa com os filhos, Miguel e Marta
Nuno Miguel Sousa
Sem se sentir um refém do tempo, Carlos Barbosa assume, ainda assim, que vive constantemente contra o relógio: "
Tenho uma grande paixão pela vida. Adoro viver todos os minutos que tenho. Agora, que fiz 59 anos, só me arrependo de ter estado cerca de 20 a dormir. Por isso, no dia em que deixar de lutar contra o relógio, é sinal de que algo me aconteceu
", explicou, bem-disposto.

Como o tempo tem os seus caprichos, já depois de ter sido avô pela primeira vez, o presidente do ACP voltou a ser pai há seis anos. Graças a
Duarte
, Carlos Barbosa considera-se um homem renascido: "
Foi algo de extraordinário. O nascimento do Duarte representou o meu renascimento. Temos um ambiente familiar óptimo e adoro poder estudar e brincar com ele todos os dias. Dá-me imenso alento e força para viver saber que ainda posso criar mais um filho."

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras