Nas Bancas

Rita Salema fala da relação única que tem com a filha, Francisca

A actriz partilhou com a CARAS as emoções e experiências que pautam a sua relação com a filha, fruto da sua relação com o também actor Almeno Gonçalves.

Melissa Tavanez
20 de setembro de 2009, 18:17

Não é necessário estar mais do que alguns minutos com Rita Salema, de 42 anos, e a filha, Francisca, de 16, fruto da sua relação com o actor Almeno Gonçalves, para perceber a grande afinidade e cumplicidade entre ambas. Amigas e confidentes, a actriz e a filha têm partilhado alegrias e tristezas, e quando Rita perdeu dois irmãos, há cerca de três anos, a filha foi o seu principal apoio. Esta experiência de dor acentuou ainda mais a necessidade que a actriz reconhece ter de proteger aqueles que ama. Apesar de ter como prioridade a família e o seu trabalho, tanto como actriz como na qualidade de uma das directoras do colégio Abobrinhas, Rita sabe que é fundamental cuidar de si e aprendeu a valorizar os seus momentos de solidão.
Foi durante um passeio no Tejo, a bordo do navio Lisboa Princesa de Belém, que a CARAS falou com a actriz sobre as relações que tornam a sua vida uma experiên­cia única de afectos.

- Tem uma relação muito próxima com a sua filha. Sente dificuldade em distinguir a amizade do papel de mãe?
Rita Salema - Não tenho eu nem tem ela! Ela tem na mãe uma amiga, mas sabe que precisa de disciplina, de regras... E não temos problemas em distinguir uma coisa da outra.

- A Francisca já está a meio da adolescência. Acredito que a vossa relação esteja numa altura de mudança...
- Sinto que a minha filha se está a tornar uma pessoa mais independente. E ainda bem. Custa-me um bocadinho pensar que daqui a uns anos ela sairá de casa, mas ao mesmo tempo é uma grande felicidade para uma mãe ver que a filha se tornou independente e uma pessoa feliz.

A actriz com a filha
A actriz com a filha
Mike Sergeant

- Revê-se na Francisca, ou têm personalidades muito diferentes?
-
Revejo-me em algumas coisas. Os miúdos hoje tornam-se independentes muito mais cedo. As vivências são outras, saem muito mais e para outro tipo de festas... Mas nisso a minha filha é igual a mim, porque não gosta muito de sair. Hoje, os miúdos vão logo para as discotecas, e isso faz-me imensa confusão. Já a deixei ir uma ou duas vezes, só para não ficar com aquela ansiedade de ver como é. Mas depois também temos coisas muito diferentes. A minha filha é muito orgulhosa e eu não sou tanto. Ela tem uma personalidade muito forte, é uma óptima aluna... Eu era mais arrumadinha do que ela, mas tenho esperança de que ainda venha a ter essa qualidade. [risos]

- A Francisca parece ter uma educação muito equilibrada. Para isso deve ajudar a excelente relação que tem com o pai da sua filha...
- Sim, sem dúvida. Quando dizem que é uma tristeza as pessoas divorciarem-se, eu digo que uma tristeza é as pessoas viverem juntas, com filhos, e eles conviverem com uma discórdia permanente. É muito importante manter-se a amizade entre os pais de uma criança. E como ela é filha única, acaba por ser a menina da mamã e do papá.

- A Rita sempre disse que era uma pessoa protectora e que vive muito para aqueles que estão à sua volta. A solidão assusta-a?
- Lido muito bem com o estar sozinha. Lido mal é com a impossibilidade de ter os meus tempos. Quando não tenho esse meu espaço, sinto-me aflita e ansiosa. Isso tem de caber sempre numa relação que eu tenha. Não estar fisicamente ao pé das pessoas não quer dizer que não estejamos sempre com elas.

- É uma pessoa mais sentimental do que racional?
- Sim, talvez seja. E é por isso que acabo por sair, em algumas situações, magoada. Sou muito coração, dificilmente vou para o lado da razão. A nível profissional, sou racional, mas no que toca às relações, sou mais emocional.

- Em Julho saiu um artigo na imprensa que apontava António Reis, guionista da SIC, como seu namorado. Quer comentar?
-
Não! [risos]

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras