Nas Bancas

Elton John com o pequeno Lev ao colo

Elton John com o pequeno Lev ao colo

Reuters

Elton John poderá apadrinhar mas não adoptar

"Pode convidar a família do menino a visitá-lo, apadrinhá-lo e ajudá-lo a crescer como uma boa pessoa." (Yuri Pavlenko)

Melissa Tavanez
19 de setembro de 2009, 18:21

Depois do cantor, de 62, tornar público o desejo de adoptar Lev, de 14 meses, em conjunto com o companheiro, David Furnish, de 46, as autoridades ucranianas afirmaram não permitir que tal acontecesse. Em causa estava o facto da mãe do menino continuar viva, apesar deste viver num orfanato, bem como a idade e orientação sexual de Elton John. Todavia, informações recentes garantem que o governo da Ucrânia vai permitir que o músico apadrinhe a criança, de modo a que a mãe do bebé, que é portadora de Sida, continue com os direitos paternais. Desta forma, Lev, poderá apenas visitar frequentemente Elton John. "Pode convidar a família do menino a visitá-lo, apadrinhá-lo e ajudá-lo a crescer como uma boa pessoa. (...) O menino não é orfão, tem mãe e um irmão mais velho, pelo que não pode ser adoptado legalmente," garante o Ministro ucraniano da Família, Juventude e Desporto, Yuri Pavlenko.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras