Nas Bancas

Rui Veloso contraiu Malária em Moçambique

Recuperação da operação aos intestinos, em Outubro, será muito mais difícil

Cláudia Alegria
16 de setembro de 2009, 23:58

Na última terça-feira, dia 15 de Setembro, Rui Veloso chamou um médico a casa. Como a febre não descia, apesar de estar a ser medicado, o músico resolveu ir ao hospital da Luz fazer análises, onde lhe foi detectada uma despistagem positiva de malária, uma doença infecciosa aguda , que envolve perigo de vida, provocada por parasitas transmitidos por mosquitos.

Apesar de estar a ser devidamente medicado, Rui Veloso já foi informado de que a recuperação da operação que tem de fazer aos intestinos em meados de Outubro será, agora, muito mais difícil.

Recorde-se que foi em Moçambique, onde esteve de 31 de Agosto a 2 de Setembro a gravar um anúncio publicitário, que Rui Veloso foi picado pelo mosquito, mas só começou com febre no início desta semana, uma vez que os sintomas da doença ­- idênticos aos da gripe - só começam a surgir 9 a 14 dias depois. Aliás, ainda no último Sábado, dia 12 de Agosto, Rui Veloso deu um concerto em Águeda. "O Rui está em casa, tranquilo, e continua a compôr, a fazer aquilo que gosta, sem qualquer limitação", assegurou o amigo do músico, Duarte Cancella de Abreu, à CARAS.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras