Nas Bancas

users_0_12_michael-jackson-7b18.jpg

Reuters

Médico de Michael Jackson pode ser preso nas próximas semanas

Conrad Muray, médico particular de Michael Jackson, deverá ser acusado de homicídio por negligência e poderá se preso já na próxima semana.

Natalina Almeida
21 de agosto de 2009, 13:01

De acordo com o site FoxNews, o médico do cantor será acusado de homicídio por negligência (sem intenção de matar) pela polícia norte-americana e poderá ser preso na próxima semana. Segundo o site, Conrad Murray terá admitido que injectou o anestésico Propofol, que poderá ter causado a morte de Jackson, no cantor. Novos dados de uma investigação polémica e que carecem, pelo menos para já, de confirmação do Ministério Público.

Michael Jackson morreu na sequência de uma paragem cardíaca no dia 25 de Junho. Pensa-se que o cantor possa ter sofrido um ataque cardíaco na sequência do uso excessivo de medicamentos, porém os resultados da autópsia ao corpo ainda não foram divulgados.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras