Nas Bancas

Raul Solnado

Raul Solnado

Arquivo Impresa

Edição especial Raul Solnado - As expressões

Como todos os grandes humoristas, tinha o dom da transfiguração.

Andreia Guerreiro
14 de agosto de 2009, 10:10

Como Chaplin, Fernandel, Jô Soares, Jerry Lewis e tantos outros nomes grandes do humor, Raul Solnado tinha a capacidade de se transfigurar a um ritmo vertiginoso sempre que a personagem lho exigia. Os músculos do seu rosto contraíam-se e descontraíam-se em incontáveis caretas por segundo, acompanhadas por outros tantos gestos das suas mãos desassossegadas. Um frenesim que o levava mesmo a gaguejar ligeiramente, tornando as suas personagens ainda mais engraçadas. A expressividade foi, sem dúvida, um dos segredos do sucesso deste actor, que, como todos os cómicos dignos deste nome, manteve até ao fim um sorriso de menino traquinas a franzir-lhe o rosto.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras