Nas Bancas

Sylvie Dias e Pedro Lopes: "Um filho é uma prova de fogo para o amor"

Juntos há cinco anos, a actriz e o produtor de televisão sentem que Afonso veio fortalecer o amor que já sentiam e que fazia com que um filho já fizesse parte dos planos de ambos há algum tempo.

Melissa Tavanez
28 de julho de 2009, 14:05

Passou apenas um mês desde que Sylvie Dias, de 30 anos, foi mãe de Afonso, fruto da sua relação com Pedro Lopes, de 28, e a actriz não só já voltou ao trabalho, como já recuperou a silhueta. Foi durante um fim-de-semana que o casal passou em Portimão que a actriz e o produtor de televisão conversaram com a CARAS e contaram como têm vivido a experiência da paternidade, que, apesar de lhes ter tirado tempo enquanto casal, também tem fortalecido a sua relação de cinco anos.

- Há um mês que o Afonso nasceu. Como tem sido a experiência de ser mãe?Sylvie Dias
-
Tem sido de adaptação, pois nunca se está realmente preparado para a chegada de um bebé. É o nosso primeiro filho e havia muita coisa que eu só sabia de ouvir falar, como as cólicas e as noites mal dormidas, e temos passado por isso tudo. Descanso é algo que não tem havido neste último mês. É muito compensador, pois temos um filho, mas estou desejosa que ele tenha dois, três anos, para não dar tanto trabalho. [risos]

- Visto que a Sylvie trabalha a recibos verdes, é o Pedro que está a usufruir da sua licença...
- Desde Maio deste ano, com a lei fantástica que saiu, é possível que assim seja. O Pedro vai ficar de licença de paternidade até 9 de Outubro, o que é fantástico, pois se assim não fosse ele não teria descanso nem conseguiria trabalhar em condições e, depois, faria imensa falta. Não é que não o conseguisse sozinha, mas a ajuda do Pedro tem sido imprescindível.

- O Pedro sente realmente que a sua ajuda é fundamental?
Pedro Lopes - Só poderia ser assim, pois esta fase é muito complicada. A brincar até digo que o turno das 0h às 6h é meu. [risos] A Sylvie já está muito cansada, e se eu não a ajudasse, seria dez vezes pior. E também me dá imenso gozo tomar conta do Afonso, é o meu bebé. [risos]

A actriz com o filho, Vasco
A actriz com o filho, Vasco
Salvador Colaço

- Este foi o primeiro fim-de-semana fora de casa após o nascimento do Afonso?
Sylvie - Foi, e só agora percebemos a logística inerente a viajar com um bebé... Horários é para esquecer... A quantidade de coisas que tem de se trazer é inexplicável... Mas o cenário, a praia e a piscina ajudam a que nos sintamos mais descontraídos.

- O Pedro assumiu que no início tinha alguns receios. Já conseguiu ultrapassá-los?
Pedro - Tinha algum receio de lhe pegar ao colo e de ficar sozinho com ele em casa, mas agora já não sinto nada disso, percebi que afinal não é assim tão complicado. É necessário estar sempre atento, mas não é nada de transcendente.

- Um filho acaba por ser uma prova de fogo para um casal, pois tudo muda na vida a dois, e vocês dizem que o vosso amor tem sido fortalecido...
- Sim, primeiro, porque temos o nosso filho, depois, porque temos conseguido resolver as situações. Claro que não temos tido tempo para estar a dois e, neste caso, tenho de dar um exemplo. Ontem estávamos aqui na piscina do Nosolo Acqua, e queria que a Sylvie fosse à água comigo, mas não foi possível, porque alguém tinha de ficar com o Afonso. É óbvio que agora temos de abdicar um pouco da nossa relação por ele, mas ele também faz parte do nosso amor. Agora é um amor a três.

- Ainda estão naquela fase em que não conseguem estar sem ele?
Sylvie - Neste momento não confio o meu bebé a ninguém, nem a amas, nem aos avós. Ele ainda precisa muito de mim, pois estou a dar de mamar, e eu também não consigo estar longe dele. Estive em Silves a apresentar um desfile, este fim-de-semana, que durou apenas seis horas, e quando acabou só queria era pegar nele.

- Já voltou à silhueta que tinha antes da gravidez...
- Sim, mais coisa menos coisa. Acho que a amamentação, a falta de descanso e o facto de há um mês não fazer uma refeição completa em descanso ajuda.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras