Nas Bancas

Edição especial Michael Jackson - Morte inesperada

O coração do cantor parou a duas semanas do regresso aos palcos

Andreia Guerreiro
12 de julho de 2009, 18:37

Na véspera de morrer, Michael Jackson cantou e dançou durante várias horas com uma energia electrizante, no Staples Center, em Los Angeles, onde estavam a decorrer os ensaios de This Is It, a temporada de 50 espectáculos que tinha marcada para Londres a partir do próximo dia 13. O cantor estava mesmo a preparar um disco de inéditos produzido por Will.I.Am, líder dos Black Eye Peas, que garantiu várias vezes que o relançaria para a ribalta.

Do hospital, o corpo de Michael foi levado para o Instituto de Medicina Legal de Los Angeles, onde foi feita a primeira autópsia, com resultados inconclusivos
Do hospital, o corpo de Michael foi levado para o Instituto de Medicina Legal de Los Angeles, onde foi feita a primeira autópsia, com resultados inconclusivos
D.R.
O coração do cantor, no entanto, recusou-se a dar essa alegria ao milhão de fãs que já tinha comprado bilhete. Na manhã de quinta-feira, 25 de Junho,
Michael
sofreu um colapso em sua casa. Foi socorrido de imediato pelo cardiologista
Conrad Murray
, contratado para o acompanhar durante a digressão, e os serviços de emergência foram chamados às 12h26 (hora local), mas, quando chegaram, o cantor já não respirava.


Admiradores reunidos no exterior do Centro Médico da Universidade da Califórnia
Admiradores reunidos no exterior do Centro Médico da Universidade da Califórnia
D.R.
Levado para o Centro Médico da Universidade da Califórnia, foi submetido a tentativas de reanimação durante uma hora, sem sucesso. Enquanto isso, vários membros da família, entre os quais a mãe,
Katherine
, e a amiga
Elizabeth Taylor
chegavam ao hospital e, quando a notícia foi divulgada em primeira mão pelo
site TMZ
, centenas de fãs acorreram rapidamente ao local, incrédulos. Às 14h26 foi declarada a morte e, pouco depois, o irmão mais velho,
Jermaine
, confirmava a morte do irmão em conferência de Imprensa. A
pop
acabava de perder o seu rei e, desde então, no mundo inteiro, as homenagens sucederam-se.


Coube a Jermaine Jackson, irmão mais velho do cantor, fazer o anúncio oficial da morte
Coube a Jermaine Jackson, irmão mais velho do cantor, fazer o anúncio oficial da morte
D.R.
No sábado, dia 27, foi revelado que o resultado da primeira autópsia, realizada no Instituto de Medicina Legal de Los Angeles, tinha sido inconclusivo e que a família mandou fazer outro exame
post mortem
a médicos particulares.


Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras