Nas Bancas

Tiago Monteiro e Diana Pereira com a filha, Mel

Tiago Monteiro e Diana Pereira com a filha, Mel

João Lima

Diana Pereira de novo grávida: "O Tiago tem um 'feeling' que será outra menina"

A modelo e o piloto estão a viver com grande alegria a espera do seu segundo filho, que deverá nascer no início de Dezembro

Andreia Guerreiro
28 de junho de 2009, 17:34

A vida de Diana Pereira e Tiago Monteiro tem corrido verdadeiramente 'sobre rodas'. Depois de terem sido pais pela primeira vez há 16 meses, de uma menina, Mel, a modelo e piloto está novamente grávida, de quatro meses. O bebé deverá nascer no início de Dezembro, altura em que Tiago não tem provas e poderá, por isso, acompanhar de perto os primeiros dias de vida do seu segundo filho.

- Foi uma gravidez planeada?
Diana Pereira -
Mais ou menos. A partir de certa altura, quando acontecesse, acontecia. E estamos muito contentes. Sempre dissemos que não queríamos dar muito espaço entre a Mel e o irmão.
Tiago Monteiro -
Tínhamos muita vontade de ter outro filho, sobretudo depois da Mel. Quando soubemos que íamos ser pais de novo, ficámos supercontentes.

- Com a Mel ainda tão pequena, sente-se preparada para uma nova gravidez?
- Mais uma barriga enorme... [risos] Sinto-me perfeitamente preparada para mais uma gravidez. A única coisa que me preocupava era não poder estar tanto com a Mel, porque ela é um bebé que precisa de muita atenção. Mas está a correr tudo muito bem, pelo menos a parte dos enjoos está a ser ainda melhor do que na gravidez da Mel, que foi óptima, e acreditamos que vai ser assim até ao fim.

- Já sabem o sexo do bebé?
-
Ainda não sabemos e nem sei se vamos querer saber. Com a Mel não soubemos, agora ainda não decidimos.

- Gostavam que desta vez fosse um rapaz?
-
Sinceramente é-me indiferente. O Tiago adorava ter um rapaz, mas tem um feeling que vai ser outra menina. E eu também, até porque seguia a tradição da minha família.
Tiago - Não tenho preferência. Um casal é engraçado, mas duas meninas também seria giro. Tenho de facto esse feeling que será uma menina, mas vamos ver.

- Depois de ver a Mel crescer, dá ainda mais vontade de ter outro filho...
Diana -
Sim. A Mel é uma criança muito bem-disposta, dá algum trabalho, mas é fantástica.
Tiago -
Completamente. Tínhamos os dois vontade de ter vários filhos, mas a Mel incentivou ainda mais esse desejo e acelerou o processo.

- Diana, como tem sido desempenhar o papel de mãe?
Diana -
Tem sido a melhor coisa do mundo, sem dúvida. Não passamos sem ela, vem connosco para todo o lado sempre que isso é possível.

- E Tiago, como se sente no papel de pai?
Tiago -
É mesmo como a Diana diz, a melhor coisa do mundo. Não há nada mais importante do que ter um filho. Tudo o que fazemos é a pensar na nossa filha. E não segui essa máxima de que os pilotos perdem velocidade nas pistas. Pelo contrário, ganhei uma motivação extra para ter melhores resultados.

- E tem sido fácil conciliar as vossas carreiras com a atenção que uma criança exige?
Diana -
Sim, até tenho tido bastante trabalho. E vou continuar a trabalhar, pelo menos por enquanto. E, depois, eu e o Tiago apoiamo-nos muito um ao outro.
Tiago - A Mel adaptou-se muito bem à nossa vida, mas, como é óbvio, com os seus limites, e nós temos que saber lidar com isso.

- Com dois filhos, acham que vai continuar a ser assim tão fácil?

Diana - A única coisa que vai mudar é que não vou poder, durante algum tempo, viajar com os dois sozinha, porque as companhias aéreas não permitem. Vamos ter que viajar em família, o que não me chateia muito. E quando não pudermos mesmo levá-los connosco, acho que uma avó que aguenta com um neto, aguenta com dois.
Tiago - Com a Mel tivemos que nos adaptar a ela e ela a nós. Tivemos que deixar de fazer algumas coisas, mas penso que isso é natural. Agora com dois filhos vai ser mais complicado, mas a família é a nossa prioridade.

- É importante o apoio da família alargada?
-
Sem dúvida que sim. E a nossa família, tanto da minha parte como da Diana, tem-nos ajudado bastante. Muitas vezes não podemos levar a Mel connosco e há sempre alguém com vontade de ficar com ela. Mesmo em Portugal, acompanham-nos sempre que é preciso.

- O regresso da Diana à carreira de piloto é que ficou novamente adiado...
Diana -
É verdade. Tinha planeado regressar este ano, mas parece que não vai acontecer. Mas tenho tido outros trabalhos, só a partir de agora é que vou começar a trabalhar menos, por causa da barriga. Nem sempre é fácil, mas apenas pelo que acontece quando uma pessoa está grávida, aquele cansaço acrescido, os enjoos, enfim...

- No caso do Tiago, tem estado tudo a correr bem nas pistas...
Tiago -
Tem corrido muito bem. Temos tido bons resultados, com alguns altos e baixos, sobretudo fruto dos problemas políticos que têm existido, mas que acontecem também na Fórmula Um. E tenho tido uma carreira muito preenchida. Acabei de fazer as 24 Horas de Le Mans, vou fazer os mil quilómetros do Algarve em Agosto e tenho ainda uma equipa minha no GP2, que é a categoria antes da Fórmula Um. Tem sido um ano muito preenchido, mas faço-o com uma grande motivação e sempre a pensar no futuro.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras