Nas Bancas

Debbie Rowe e Michael Jackson

Debbie Rowe e Michael Jackson

Reuters

Filhos mais velhos de Michael Jackson poderão ser entregues à sua ex-mulher

Quando o cantor e Debbie Rowe se separaram, esta abdicou dos direitos parentais

Andreia Guerreiro
27 de junho de 2009, 19:54

Para além de ter de lidar com a morte de um dos seus membros, a família de Michael Jackson poderá ter de enfrentar uma batalha judicial pela guarda dos filhos mais velhos do cantor, Prince Michael I, de 12 anos, e Paris, de 11. Isto porque a custódia das crianças, poderá ser atribuída à mãe, Debbie Rowe, ex-mulher do 'Rei da pop', que na altura do divórcio abdicou dos direitos parentais. A notícia é avançada pela imprensa internacional, que revela ainda que os filhos da estrela "querem ficar com os avós" paternos, Joe e Katherine Jackson, com quem se encontram actualmente.

Contudo, a enfermeira Debbie Rowe poderá reclamar a custódia de Prince Michael I e Paris, sendo que o facto de ter abdicado dos direitos parentais das crianças não a impede, uma vez que a decisão judicial da altura é agora considerada nula por falta de investigação prévia pelo Departamento das Crianças e Famílias. Aliás, segundo Lance Spiegel, advogado da família do artista, Debbie Rowe é "a presumível detentora da custódia" e esta só lhe poderá ser retirada se for provado que a situação é "prejudicial para as crianças".

Michael Jackson e Debbie Rowe casaram-se em 1996, tendo-se divorciado três anos mais tarde. Mesmo depois da separação a enfermeira sempre defendeu o cantor, até quando este enfrentou várias acusações por abusos sexuais a menores. A estrela era ainda pai de Prince Michael II, também conhecido por Blanket, gerado com a ajuda de uma barriga de aluguer.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras