Nas Bancas

Fátima e Teresa Roque

Fátima e Teresa Roque

Victor Freitas

Fátima Roque contou com o carinho da filha, Teresa, no dia em que abraçou novo desafio

"Sinto que cumpri o meu papel como mãe e mulher e vou continuar a lutar pela minha causa, que é África." (F. Roque)

Melissa Tavanez
22 de junho de 2009, 11:13

Foi no Dia de África que Fátima Roque, de 58 anos, recebeu as insígnias da Academia Internacional de Cultura Portuguesa. Para a economista e professora universitária, a ocasião teve, por isso, um sabor especial, pois foi dirigente da UNITA e continua a ser uma defensora acérrima do continente africano. "A academia não podia ter escolhido outro dia para mim. Estou duplamente feliz e orgulhosa, não só por ter sido homenageada pelos meus pares, mas por isso ter acontecido no Dia de África. Recebi a notícia da cerimónia com a sensação de que não merecia e de que muito mais há para fazer. Abdiquei de muito pelo meu trabalho, mas valeu a pena. Além de tudo o que tenho feito em prol de África e das suas populações, tenho duas filhas que adoro e de que me orgulho muito. Sinto que cumpri o meu papel como mãe e mulher e vou continuar a lutar pela minha causa, que é África."
Teresa Roque, filha mais velha da economista (a mais nova, Cristina, não pôde comparecer por estar no Sudão), assistiu à cerimónia e referiu. "Estou sempre muito orgulhosa da minha mãe, mesmo sem estas cerimónias. Além de mãe e filha, somos grandes amigas e temos muitos interesses em comum, inclusive esta parte académica."
Após a conferência Uma Nova Estratégia de Desenvolvimento para África, apresentada na Sociedade de Geografia, Fátima recebeu o diploma da academia das mãos de um dos seus membros, Fernando Nobre, e as insígnias do seu fundador, Adriano Moreira. "Conheço a Fátima desde os 11 anos e vi-a crescer em talento, desembaraço e autoridade. Este é um dia importante na história da academia", disse o jurista e professor.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras