Nas Bancas

Avião da Air France

Avião da Air France

Reuters

Encontrados os destroços do Air Bus A330 no Oceano Atlântico

A imprensa brasileira adianta que o aparelho não voava à altura prevista

Andreia Guerreiro
3 de junho de 2009, 18:53

Numa altura em que as autoridades continuam sem saber exactamente o que aconteceu durante o voo AF 447, cujo avião se despenhou no Oceano Atlântico na madrugada de segunda-feira, quando fazia a ligação entre o Rio de Janeiro e Paris. Depois de uma primeira fase em que se desconhecia por completo a localização do Airbus A330, o Estado-Maior das Forças Armadas Francesas e o Ministro da Defesa brasileiro, Nelson Jobim, confirmaram que os destroços encontrados a cerca de 740km da ilha de Fernando Noronha pertencem ao aparelho.
Entretanto continuam as buscas, sendo que a parte mais técnica da investigação fica a cargo do governo francês e o resgate dos corpos e destroços, que se estendem por uma área de cerca de 5 mil metros, fica sob a responsabilidade do Estado brasileiro.
De salientar que já tinha sido levantada a possibilidade de uma falha eléctrica estar na origem do acidente - foi emitida uma mensagem antes do aparelho desaparecer dos radares a indicar avaria no sistema eléctrico - e hoje a Força Aérea Brasileira, citada pelo jornal Folha de São Paulo, terá revelado que o avião não voava à altitude prevista.
A Air France anunciou esta manhã a divulgação da lista oficial com o nome das 228 pessoas que se encontravam a bordo do Airbus A330, mas até ao momento o documento ainda não foi tornado público.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras