Nas Bancas

Joana Lemos com Tomás e Martim

Joana Lemos com Tomás e Martim

Paulo Jorge Figueiredo

Joana Lemos: "O Tomás e o Martim já se habituaram à ausência do pai"

A empresária e os dois filhos assistiram a uma das provas do Concurso de Saltos Internacional que decorreu no Hipódromo do Campo Grande, em Lisboa

Paulo Brilhante
1 de junho de 2009, 17:49

Com Manuel Reymão Nogueira a trabalhar na Polónia há cerca de um ano, Tomás, de 10 anos de idade, e Martim, de oito, não vão poder celebrar o Dia da Criança com o pai. Uma situação que a mãe, Joana Lemos, desvaloriza: "Nós, adultos, complicamos mais do que eles. É verdade que têm saudades, mas eles criam as suas próprias defesas e já estão habituados. Por outro lado, esta situação dá-lhes alicerces para o futuro e prepara-os para a vida", explica a empresária, reconhecendo não ser fácil gerir sozinha, todos os aspectos familiares: "É claro que é complicado. Tanto o Tomás como o Martim têm as suas actividades e não é fácil conseguir conciliar. Hoje, por exemplo, tinha dado muito jeito ter o pai para se levantar cedo e levar o Tomás ao torneio de futebol".
A empresária e os dois filhos assistiram a uma prova do Concurso de Saltos Internacional, no passado sábado, dia 30 de Maio, que decorreu no Hipódromo do Campo Grande. Uma presença "negociada" uma vez que Martim se iniciou recentemente na equitação.

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras