Nas Bancas

Bárbara Guimarães, Manuel Maria Carrilho e Dinis Maria

Bárbara Guimarães, Manuel Maria Carrilho e Dinis Maria

Joaquim Norte Sousa

Homenagem ao pai de Manuel Maria Carrilho, 17 anos após a sua morte, reúne em Viseu parte da família do diplomata

Aos cinco anos, Dinis Maria assistiu à sua primeira cerimónia oficial

Andreia Guerreiro
31 de maio de 2009, 18:13

Em reconhecimento da dedicação de Manuel Engrácia Carrilho à cidade de Viseu, enquanto presidente da câmara, o município atribuiu-lhe o mais alto galardão da cidade, o Viriato de Ouro. Uma homenagem póstuma que contou com a presença dos familiares mais próximos do ex-autarca, que morreu em 1992.

Manuel Maria Carrilho mostrou-se orgulhoso da obra deixada pelo pai e do carinho com que Viseu o recorda. "Trabalhou muito para esta terra, e sempre com prazer. Estamos muito contentes com este reconhecimento", afirmou, no final da cerimónia, o embaixador de Portugal junto da UNESCO, que tinha a seu lado a mulher, Bárbara Guimarães, o filho de ambos, Dinis Maria, bem como o filho mais velho, José Maria, fruto do seu primeiro casamento.

"É um dia de grande emoção para a nossa família. Não conheci os meus sogros, mas estão sempre presentes nas nossas conversas e na nossa vida. Somos uma família unida!", referiu, por seu turno, Bárbara, sempre atenta a Dinis Maria, que, aos cinco anos, assistiu à sua primeira cerimónia oficial. Alvo de sucessivos flashes - a que não está habituado -, o filho do diplomata e da apresentadora mostrou-se tranquilo e pouco incomodado com tanta atenção. "Ele não podia faltar, porque é uma homenagem ao avô, uma pessoa extraordinária. Tenho muita pena de não ter conhecido os meus sogros nem de ter partilhado com eles o nosso Dinis", concluiu Bárbara Guimarães.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras