Nas Bancas

Chris Brown defende-se: "Não sou um monstro"

Depois de ter sido acusado de agredir Rihanna, o cantor justificou-se perante os seus fãs

Andreia Guerreiro
29 de maio de 2009, 14:19

Foi através de um vídeo que Chris Brown disse aos seus admiradores que o episódio de violência contra a ex-namorada, a cantora Rihanna, não faz dele uma má pessoa. "A todos os meus verdadeiros fãs, adoro-vos a todos. Não sou um monstro", revela o cantor de R&B perante a câmara, aproveitando também para promover o seu último trabalho, Grafitti.

Recorde-se que Chris Brown foi acusado de agressão, depois de no passado mês de Fevereiro, na noite dos Grammy Awards, ter alegadamente agredido a então namorada, Rihanna. Apesar de já se ter apresentado em tribunal por duas vezes, sendo que na segunda afirmou estar "inocente", o processo ainda não chegou ao fim e o artista arrisca mesmo numa pena que pode ir até aos quatro anos de prisão.

Rihanna e Chris Brown (13 de Dezembro de 2008)
Rihanna e Chris Brown (13 de Dezembro de 2008)
Reuters

Mas enquanto a situação não fica resolvida, Chris Brown pretende reconquistar os seus fãs e está de regresso com este novo álbum que, espera, lhe permitirá regressar aos palcos e ter o sucesso que tinha antes do sucedido.
Entretanto a cantora revelou que comparecerá pela primeira vez em tribunal, no próximo dia 22 de Junho, para confirmar os acontecimentos, sendo que nas duas sessões anteriores se fez representar. "O juiz disse-me que a convocará como testemunha. E ela está presente", afirmou Donald Etra, advogado de Rihanna.

Veja o vídeo em que o cantor se dirige aos seus fãs

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras