Nas Bancas

Maria João e Ricardo Salgado com o filho, Ricardo, no Estoril Open

Maria João e Ricardo Salgado com o filho, Ricardo, no Estoril Open

Mike Sergeant

Estoril Open comemora 20 anos e reúne no Jamor muitos adeptos de ténis famosos

"É muito importante para o País termos um torneio com esta categoria." (R. Salgado)

Andreia Guerreiro
17 de maio de 2009, 11:52

Os convites, enviados num envelope cheio de confettis, deixavam perceber que era ano de festa. E assim foi, de facto, a 20.ª edição do Estoril Open, que durante uma semana levou ao Jamor os melhores tenistas nacionais e alguns internacionais. Por isso, no final, João Lagos estava visivelmente satisfeito. "Tenho, sem dúvida, motivos para celebrar. É um dos maiores eventos desportivos que se realiza regularmente no País", afirmou o ex-tenista e empresário, após a final, entre o norte-americano James Blake e o espanhol Albert Montanes, que decorreu no último domingo. Uma partida que, contra as expectativas gerais, foi ganha pelo espanhol. "Foi uma final bastante disputada, mas o Albert Montanes mereceu ganhar, porque o Blake estava, de facto, cansado, uma vez que tinha jogado a meia-final nessa manhã", afirmou Ricardo Salgado, que, enquanto presidente do BES, patrocinador principal do torneio, entregou o cheque ao vencedor.O empresário Vasco Pereira Coutinho, que também assistiu à final, resumiu uma opinião partilhada por muitos dos que passaram pelo Jamor nestes dias: "Esta iniciativa do João Lagos é de louvar. Pessoas como ele devem ser apoiadas, principalmente quando estamos a atravessar uma crise."

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras