Nas Bancas

Farrah Fawcett continua a lutar pela vida

Foi publicada a primeira entrevista desde que lhe foi diagnosticado o cancro

Andreia Guerreiro
13 de maio de 2009, 10:38

Apesar de ter sido concedida em Agosto do ano passado, a entrevista do jornal Los Angeles Times a Farrah Fawcett, que luta contra um cancro do cólon, só foi publicada esta segunda-feira, dia 11 de Maio. Nesta ocasião a actriz, que actualmente se encontra bastante mais debilitada, falou da doença, da forma como esta tem afectado a sua vida e de como é estar no centro das atenções da imprensa nesta fase difícil. "É muito mais fácil ultrapassar algo e lutar contra isso sem estar a ser analisado à lupa. É stressante. E estava aterrorizada com a quimioterapia. Não é nada agradável. E a radioterapia também não. [A doença] torna-se a nossa vida. As pessoas telefonam: 'Como estás? Como te sentes? Estamos a rezar por ti. Ainda tens cabelo?'. Quando todos os telefonemas são deste género... é a única coisa de que falamos. Isso consome-nos e a nossa qualidade de vida nunca mais é a mesma".
Nesta entrevista, que precede um documentário que será exibido nos Estados Unidos, na próxima sexta-feira, dia 15 de Maio, a estrela da série televisiva Anjos de Charlie, de 62 anos, falou ainda das coisas desagradáveis que leu na imprensa, nas quais se dizia por exemplo que tinha desistido de lutar pela vida. "Eu nunca diria isso", garante.
Agora a actriz está novamente a passar por uma fase crítica - há mesmo alguns meios que adiantam que está em fase terminal - tal como revelou o seu ex-marido, Ryan O'Neal, à revista People no início do mês. "Agora mantém-se na cama, (...) os médicos acreditam que assim está mais confortável", explicou.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras