Nas Bancas

Morreu o autor do atentado à família real holandesa

O homem que matou cinco pessoas nas celebrações do Dia da Rainha confessou o crime e morreu pouco tempo depois

Rodrigo Freixo
4 de maio de 2009, 12:28
A família real ficou chocada
A família real ficou chocada
Reuters
Chamava-se
Karst T.
, tinha 38 anos, era holandês, e na quinta-feira decidiu, sem razão aparente, atentar contra a vida da família real holandesa. Não conseguiu concretizar o objectivo, mas pelo meio matou cinco pessoas e feriu outras 13. O autor do brutal atentado, que aconteceu em Alpedoorn, acabou por morrer no hospital, não resistindo aos ferimentos que resultaram do acidente. Antes, contudo, Karst T. terá confessado às autoridades que foi o autor desta tragédia.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras