Nas Bancas

Júlia Pinheiro e Rui Pêgo

Júlia Pinheiro e Rui Pêgo

Victor Freitas

Júlia Pinheiro lança livro e elogia a ajuda do marido

"O Rui foi lendo e corrigindo. Fizemos uma dupla de respeito."

Andreia Guerreiro
27 de abril de 2009, 22:25

"Não é um romance típico, é uma história real com personagens com as quais nos conseguimos identificar", começou por descrever Rui Pêgo, filho de Júlia Pinheiro, sobre o livro que a apresentadora acabou de lançar, Não Sei Nada Sobre o Amor. Depois, confessou que levou algum tempo a distanciar-se do facto da autora ser a própria mãe, "principalmente porque logo no primeiro capítulo há uma cena de violação, o que é forte, mas foi engraçado conhecer outro lado da minha mãe".

Para além de ter tido o apoio da família nesta "atitude corajosa ao cumprir o sonho de escrever um livro", como disse o filho, a apresentadora teve mais uma prova de amor do marido, Rui Pêgo, director de antenas da RTP. Foi ele o seu primeiro leitor, revisor e, acima de tudo, o moderador das suas ideias. "Tivemos uma cumplicidade única. O Rui foi lendo e corrigindo. Fizemos uma dupla de respeito", elogiou Júlia, que dedicou o livro ao pai, que se encontra a convalescer de uma cirurgia a um cancro.

Não Sei Nada Sobre o Amor resulta de um desafio da Esfera dos Livros, "que me pediu um retrato de Portugal contemporâneo no feminino", explicou a autora, que, por ser "um pouco trapalhona na pontuação", deixou ao marido a tarefa da correcção. Rui Pêgo desempenhou-a com satisfação, "porque isso permitiu que reflectisse sobre o que estava escrito. Desde o início que me pareceu que ela ia fazer uma boa história, e fez", elogiou Rui Pêgo, visivelmente orgulhoso por pertencer a uma dupla vencedora.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras