Nas Bancas

Leilão dos bens de Michael Jackson foi cancelado

Leilão dos bens de Michael Jackson foi cancelado

Leilão dos bens de Michael Jackson foi cancelado

Os objectos pertencentes ao cantor vão, no entanto, ser expostos até dia 25 deste mês

Redacção Caras
18 de abril de 2009, 00:00

Marcada há já algum tempo, a venda pública de artigos do 'rei da pop' foi recentemente cancelada. De acordo com o manager de Michael Jackson, tudo não passou de "um mal-entendido", já que se trata da "propriedade privada" do cantor, de 50 anos, e "nunca foi suposto ser vendida". Já no mês passado a produtora de Michael Jackson tinha feito uma acção legal contra o leilão, alegando que o artista não o tinha aprovado, apesar de inicialmente ter cooperado com a organização."Quisemos chegar a um acordo com Jackson e conseguimos hoje um que é mutuamente aceitável e benéfico", afirmou por sua vez o organizador da venda, Darren Julien. Deste modo, apesar do leilão ter sido cancelado, os bens do cantor manter-se-ão em Beverly Hills, na Califórnia, onde serão expostos e podem ser visitados pelo público até dia 25 de Abril, altura em que regressarão às mãos do 'rei da pop'.A venda pública teria lugar já na próxima quarta-feira na Casa de Leilões Julien's, em Los Angeles, e entre os cerca de dois mil artigos, avaliados entre os 7,5 e os 15 milhões de euros, encontram-se diversas peças de vestuário e mobiliário.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras